O furacão ‘Marie’ afeta 10.000 pessoas no México

Três pescadores desapareceram em Los Cabos, uma região turística da Baixa Califórnia O fenômeno meteorológico produziu rajadas de 315 km/h

Imagens do furacão Marie.
Imagens do furacão Marie.

Um furacão que produziu rajadas de ventos de até 315 quilômetros por hora afetou neste domingo 10.000 pessoas no sul do México, mais especificamente no Estado de Oaxaca, e provocou o desaparecimento de três pescadores que trabalhavam na região turística de Los Cabos, na Baixa Califórnia do Sul. Batizado de Marie, o fenômeno meteorológico alcançou durante o dia a categoria cinco no oceano Pacífico, segundo informações do Serviço Meteorológico Nacional.

As autoridades locais informaram que a passagem do furacão por Oaxaca fez rios transbordarem, produziu deslizamentos de terra e inundações em casas. A única vítima dos deslizamentos foi uma mulher que sofreu uma fratura no quadril em um sítio. O Marie passou no começo da noite de sábado de uma tormenta tropical para um furacão de categoria um e os serviços de emergência alertaram que ocorreriam fortes chuvas no litoral do pacífico, como de fato aconteceu.

A Comissão Nacional de Água recomendou navegar com prudência nas áreas que corriam risco de ser afetadas pelo furacão. Em Los Cabos, um lugar muito frequentado por turistas norte-americanos, foram registradas ondas de até cinco metros. A direção de proteção civil informou que uma lancha com sete pescadores que tinha saído para trabalhar na manhã de domingo naufragou. Somente quatro deles conseguiram alcançar a praia; os outros três continuam sendo procurados.

Na atual temporada de ciclones no Pacífico já se formaram os furacões Amanda, Cristina, Iselle, Hernán, Julio e Karina, assim como as tormentas tropicais Boris, Douglas, Elidas, Fausto, Genevieve, Lowell e agora o Marie, informou a agência Efe. O único que havia causado impacto anteriormente em território mexicano foi Boris, no litoral do estado sulista de Chiapas.

O serviço meteorológico espera que na quarta o furacão volte para categoria um. No momento, o norte, centro, noroeste e ocidente do país se encontram afetados por chuvas de forte intensidade. São previstas também chuvas de raios e granizo em algumas cidades, incluindo a capital do país.