A Europa olha para o Brasil e diz: eu sou você amanhã

A segunda onda europeia da pandemia de covid-19 e o aumento descontrolado do número de casos nos EUA podem contribuir para o começo de nova onda de contágios no Brasil nos próximos meses

Profissionais médicos usam protetores faciais para receber pacientes com coronavírus, em Seraing, Bélgica.
Profissionais médicos usam protetores faciais para receber pacientes com coronavírus, em Seraing, Bélgica.JOHANNA GERON / Reuters

No momento que eu começava a escrever esta coluna, o primeiro-ministro do Reino Unido concedia uma entrevista coletiva para anunciar a decretação de um lockdown nacional, segundo ele, como último recurso para tentar deter o progresso da segunda onda de covid-19 que tomou de assalto o país e todo continente europeu. O anúncio, feito com duas semanas de atraso em relação ao alerta original emitido pelo comitê científico do país —conhecido pela sigla SAG...

Mais informações