Bolsonaro se isola do resto do mundo obcecado por seu messianismo perigoso

Ao longo da história os falsos profetas acabaram sendo os maiores assassinos e enganadores das pessoas simples e menos escolarizadas

O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, é visto em uma farmácia em Brasília nesta sexta-feira.
O presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, é visto em uma farmácia em Brasília nesta sexta-feira.ADRIANO MACHADO / Reuters

Entre os transtornos psiquiátricos que afetariam o presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, apontados por um grupo de psicanalistas à Folha de S. Paulo figura seu messianismo de querer resolver o drama do coronavírus de forma milagrosa. Assim, se distancia do consenso mundial da ciência que afirma que ainda não existe nenhuma evidência médica de ...

Mais informações