Primeiro alerta aos militares: acabarão como o Sansão bíblico?

A ideia de Bolsonaro se rodear do Exército pode ser um bumerangue. Nada seria mais perigoso para o Brasil

O presidente Jair Bolsonaro e ministros participam de cerimônia de hasteamento da bandeira do Brasil, em 12 de maio.
O presidente Jair Bolsonaro e ministros participam de cerimônia de hasteamento da bandeira do Brasil, em 12 de maio.ADRIANO MACHADO / Reuters

O Brasil vive uma situação política peculiar. Um presidente, o ultradireitista capitão reformado Jair Bolsonaro, que se blindou com militares em seu Governo, incluindo vários generais como ministros. A ideia de se rodear do Exército pode ser, porém, um bumerangue contra ele e contra os militares, que podem acabar como na história bíblica de Sansão....

Mais informações