Uma bomba da Segunda Guerra Mundial provoca a evacuação de 54.000 pessoas na Itália

A desativação do artefato de 500 quilos fez com que dois terços dos moradores de Brindisi tivessem que abandonar suas casas na maior operação deste tipo no país em tempos de paz

Imagem dos trabalhos de desativação da bomba em Brindisi (Itália).
Imagem dos trabalhos de desativação da bomba em Brindisi (Itália).Esercito Italiano (Twitter: @Esercito)

Cerca de 54.000 moradores de Brindisi, no sul da Itália, tiveram que deixar suas casas depois de uma bomba sem detonar ser localizada. O artefato, da Segunda Guerra Mundial,  provocou a maior operação de evacuação deste tipo no país em em tempos de paz.

A estimativa é que mais de 60% da população da cidade tenha tido que se deslocar até uma distância segura, um perímetro de 1,6 quilômetros a partir do local da bomba, de origem britânica e lançada em 1941.

O artefato, de um metro e 500 quilos, contém 40 quilos de dinamite e foi encontrado por acaso no mês passado durante as obras de um cinema da cidade. Participam da operação mais de 1.000 policiais, 15 especialistas neste tipo de artefato e cerca de 250 voluntários civis.

A evacuação provocou o fechamento do aeroporto, da estação de trem, de dois hospitais e de uma prisão durante as tarefas de desativação, que deve terminar na tarde deste domingo, segundo o jornal Corriere Della Sera.

O mais visto em ...Top 50