_
_
_
_
_

Brasil encerra jejum e fecha o ano com vitória sobre a Coreia do Sul

Depois de cinco partidas sem ganhar, a seleção bateu os sul-coreanos por 3 a 0 em Abu Dhabi com gols de Paquetá, Coutinho e Danilo

Renan Lodi, Paquetá, Marquinhos e Fabinho comemoram com Coutinho o segundo gol brasileiro.
Renan Lodi, Paquetá, Marquinhos e Fabinho comemoram com Coutinho o segundo gol brasileiro. KARIM SAHIB (AFP)
Mais informações
Com gol de Messi, Brasil é derrotado pela Argentina e prolonga má fase
Tite poupa Neymar e times brasileiros na última convocação da seleção no ano

O Brasil fechou o ano vencendo a Coreia do Sul por 3 a 0 nesta terça-feira, em Abu Dhabi, em partida amistosa, e acabou com o jejum de cinco jogos sem vitória após o título da Copa América. Os gols foram marcados por Lucas Paquetá, Phlippe Coutinho e Danilo. Com um desempenho melhor do que nos jogos anteriores, o Brasil abriu o placar aos oito minutos de jogo, quando Renan Lodi tabelou com Coutinho pela esquerda e cruzou na cabeça de Lucas Paquetá, que testou firme para o fundo do gol. Controlando a partida, a seleção ampliou aos 35 minutos, com Coutinho aproveitando falta sofrida por Fabinho para marcar com um chute por cima da barreira. Foi o primeiro gol de falta do Brasil desde setembro de 2014, há 72 partidas.

A Coreia ameaçou pressionar no início do segundo tempo, mas a seleção brasileira logo retomou o controle do jogo e criou boas chances de marcar com Richarlison, Coutinho e Gabriel Jesus. O terceiro aconteceu aos 14 minutos, quando o Brasil trocou vários passes no campo de ataque até a bola chegar em Renan Lodi, na esquerda. O lateral, que foi um dos destaques da partida, cruzou rasteiro para Danilo, no outro extremo da área, chegar batendo forte e vencendo o goleiro Cho. Tite promoveu as entradas de Douglas Luiz, Emerson, Rodrygo e Firmino, mas somente nos minutos finais. Agora, o Brasil volta a campo somente em março de 2020, já pela primeira rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo 2022, que ainda não tem tabela definida.

Veja como contamos Brasil x Coreia do Sul:

Diogo Magri
Encerramos por aqui a cobertura de Brasil 3 x 0 Coreia do Sul, o último amistoso da seleção em 2019. Obrigado pela companhia e até a próxima!
Diogo Magri
A seleção volta a campo em março de 2020, já pela primeira rodada das Eliminatórias para a Copa do Mundo 2022. A tabela do torneio ainda não foi decidida.
Diogo Magri
Apesar de Lodi, outras novidades não receberam muito tempo de Tite. Douglas Luiz, Emerson e Rodrygo entraram somente no fim do segundo tempo.
Diogo Magri
Além de Coutinho, que fez boa partida e acabou com o tabu de cinco anos sem gol de falta na seleção, o destaque fica com Renan Lodi. Novidade na escalação, o lateral-esquerdo do Atlético de Madrid se apresentou muito bem e deu duas assistências. Foto: Reuters.
Diogo Magri
A seleção brasileira recuperou parte de seu futebol e, após cinco jogos sem vitória, se despediu de 2019 com um bom jogo contra a Coreia do Sul. Os gols do 3 a 0 foram marcados por Paquetá, Coutinho e Danilo.
Diogo Magri
Fim de jogo! O Brasil vence a Coreia do Sul no último amistoso do ano por 3 a 0, gols de Paquetá, Coutinho e Danilo.
Diogo Magri
45 minutos. Três de acréscimos.
Diogo Magri
42 minutos. Emerson e Rodrygo vêm para os lugares de Renan Lodi e Gabriel Jesus.
Diogo Magri
39 minutos. No primeiro lance de Firmino, ele deixa Richarlison na cara do gol, mas o camisa 7 conclui muito mal de canhota.
Diogo Magri
38 minutos. Firmino entra no lugar de Coutinho.
Diogo Magri
37 minutos. Kwon chega bem pelo meio e bate nas mãos de Alisson.
Diogo Magri
34 minutos. Brasil muda com Douglas Luiz no lugar de Arthur.
Diogo Magri
30 minutos. Mudou de novo a Coreia, com Kwon no lugar de Lee.
Diogo Magri
29 minutos. Alisson espalma chute firme de Son.
Diogo Magri
28 minutos. Arthur experimenta de longe e manda nas mãos de Cho. Brasil domina o jogo também no segundo tempo.
Diogo Magri
25 minutos. Gabriel Jesus recebeu boa bola na área, trouxe para a esquerda e bateu forte, para fora.
Diogo Magri
22 minutos. Jesus lançou Richarlison nas costas da zaga, que dominou no peito, invadiu a área e bateu de canhota por cima do gol.
Diogo Magri
19 minutos. Muda a Coreia: Ho no lugar de Hwang.
Diogo Magri
14 minutos. Danilo faz o terceiro com uma bomba de fora da área! O Brasil trabalhou a bola até ela chegar na ponta esquerda, de onde Renan Lodi cruzou rasteiro. Ela passou pela área toda até chegar no lateral-direito, que soltou o pé. Cho encostou nela, mas não segurou: 3 a 0!
Diogo Magri
GOOOOOOOL DO BRASIL!

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS
_
_