A incrível história do casal que esteve 50 anos buscando sua primeira foto junto

Graças a um documentário sobre o meio século de vida do mítico festival de Woodstock, Judy e Jerry Griffin descobriram uma imagem do dia em que se conheceram

Os Griffin voltam a dividir um cobertor... 50 anos depois.
Os Griffin voltam a dividir um cobertor... 50 anos depois.PBS/ PEOPLE, BEN TRIVETT

Judy e Jerry Griffin se conheceram em 15 de agosto de 1969, primeiro dia do mítico festival de Woodstock. Ela e seus dois acompanhantes caminhavam ao lado da estrada após seu carro ter enguiçado. Ainda estavam a cerca de 150 quilômetros do local dos shows. Quando a jovem começou a reclamar do azar – justo no dia do seu aniversário – e da possibilidade real de nunca chegar a Woodstock, um estudante de Direito parou o veículo ao lado dela. Chamava-se Jerry e, perpetuando os estereótipos sobre a época, convidou-os a entrar no seu icônico Fusca. Judy hesitou porque nunca tinha pegado carona antes. Mas, ao ver que havia outra menina no carro, decidiu aceitar a oferta. Cinquenta anos depois, em 15 de agosto de 2019, Judy e Jerry se orgulham de uma família com dois filhos e cinco netos que já escutaram essa história, mas não puderam confirmá-la com nenhuma prova gráfica.

Até agora.

Mais informações

Um documentário da TV pública norte-americana PBS que comemora o meio século de vida do mítico festival – Woodstock: Three Days That Defined a Generation (Woodstock: três dias que definiram uma geração) – trouxe uma inesperada alegria ao casal. Após serem avisados por um amigo, Judy e Jerry descobriram, no material inédito revelado pelo filme, uma foto deles feita no dia em que se conheceram. “Durante 50 anos buscamos uma imagem nossa, e do nada apareceu esta. Fazia menos de 48 horas que havíamos nos conhecido quando fizeram essa foto de nós”, disse Judy à revista People, que revelou a história. Judy e Jerry aparecem abraçados, dividindo um cobertor e encharcados pela chuva após montar uma tenda. Desde aquele dia, nunca mais se separaram. A People quis homenagear a descoberta recriando a foto meio século depois: uma imagem que viralizou nas redes sociais.

Durante essas décadas de convivência, os Griffin lamentaram amargamente por não terem imortalizado o momento. “Nós dois tínhamos máquina, mas nenhum fez foto”, afirmou Jerry. Hoje, em cada 15 de agosto, eles continuam comemorando o aniversário de seu encontro – além do aniversário de Judy. O festival de Woodstock, do qual participaram artistas como Jimi Hendrix, Janis Joplin e Neil Young, é considerado o mais importante da história da música, além de ser a origem de uma profunda transformação na cultura e na sociedade da época. Para Judy e Jerry Griffin, certamente foi mesmo.

Debido a las excepcionales circunstancias, EL PAÍS está ofreciendo gratuitamente todos sus contenidos digitales. La información relativa al coronavirus seguirá en abierto mientras persista la gravedad de la crisis.

Decenas de periodistas trabajan sin descanso para llevarte la cobertura más rigurosa y cumplir con su misión de servicio público. Si quieres apoyar nuestro periodismo puedes hacerlo aquí por 1 euro el primer mes (a partir de junio 10 euros). Suscríbete a los hechos.

Suscríbete