Chile vence o Equador e se classifica na Copa América

Vitória por 2 a 1, com gols de Fuenzalida e Sánchez, garantiu vaga nas quartas de final para os chilenos. Enner Valencia marcou para os equatorianos

Chilenos comemoram o gol da vitória, de Alexis Sánchez.
Chilenos comemoram o gol da vitória, de Alexis Sánchez.AP
Diogo Magri
Mais informações
Uruguai só empata com o Japão
Tostão: “Neymar vive da fama, seu comportamento é irresponsável”

O Chile venceu o Equador nesta sexta-feira por 2 a 1 na Arena Fonte Nova, em Salvador, e se classificou para as quartas de final da Copa América 2019. A vitória pelo grupo C veio com gols de Fuenzalida e Alexis Sánchez; Enner Valencia marcou o dos equatorianos. A julgar pelo começo do primeiro tempo, parecia que os chilenos conquistariam outra vitória tranquila no torneio. Aos oito minutos, Fuenzalida aproveitou rebote de escanteio para abrir o placar com um chute forte. O Chile continuou dominando até os 24 minutos, quando Mendez ganhou a corrida do goleiro Arias pela esquerda e foi derrubado pelo chileno dentro da área. O árbitro não precisou do VAR para marcar a penalidade. Enner Valencia encheu o pé no meio do gol e empatou a partida. A partir daí, os equatorianos foram melhores na etapa inicial, encerrando-a com mais posse de bola apesar do 1 a 1.

Monótono como a primeira etapa, o segundo tempo voltou com o Chile retomando as ações do jogo. Aos seis minutos, Aránguiz chegou pela linha de fundo do lado direito e cruzou para o fundo da área, onde Sánchez chegou batendo de primeira, meio mascado, e colocando a bola no fundo do gol equatoriano. Com a vitória parcial, os chilenos recuaram a marcação mas, mesmo assim, o Equador não foi capaz de ameaçar o gol adversário atrás do empate. O 2 a 1 garantiu a classificação chilena, mas não o primeiro lugar; a equipe de Vidal define a liderança do grupo contra o Uruguai, na última rodada, precisando de um empate para terminar na frente.

Veja como contamos Chile x Equador:

Diogo Magri
Encerramos por aqui a cobertura de Chile 2 x 1 Equador, pela segunda rodada do grupo C da Copa América. Obrigado pela companhia e até a próxima!
Diogo Magri
Diogo Magri
As estatísticas da partida em Salvador.
Diogo Magri
Diogo Magri
Amanhã tem Brasil! A seleção abre a terceira rodada da fase de grupos contra o Peru, em São Paulo, atrás do primeiro lugar da chave. http://cort.as/-K2OC
Diogo Magri
Diogo Magri
O Chile garantiu a classificação, mas não a liderança do grupo C. A equipe tem seis pontos, contra quatro da Uruguai. Chilenos e uruguaios definem o primeiro lugar na última rodada, com a equipe de Sánchez tendo a vantagem do empate.
Diogo Magri
Diogo Magri
Se a partida foi ruim, muito se deve ao Equador, que compete com a Bolívia como a pior seleção do torneio. Mesmo precisando do empate, não conseguiu pressionar um recuado Chile. Com zero pontos em dois jogos, os equatorianos estão virtualmente eliminados.
Diogo Magri
Diogo Magri
Alexis Sánchez foi eleito o melhor jogador da partida.
Diogo Magri
Diogo Magri
Em uma das piores partidas até aqui, o Chile jogou mal e só conseguiu a vitória contra o Equador no segundo tempo. Fuenzalida abriu o placar no começo do jogo, Enner Valencia empatou de pênalti no primeiro tempo e Alexis Sánchez garantiu a vitória aos seis da etapa final.
Diogo Magri
Diogo Magri
Fim de jogo! O Chile bate o Equador por 2 a 1 e está classificado para as quartas de final da Copa América.
Diogo Magri
Diogo Magri
50 minutos. Velasco consegue receber mais um cartão amarelo antes do fim da partida. Lateral bateu em Sánchez na ponta.
Diogo Magri
Diogo Magri
48 minutos. A partida vai até os 50 minutos.
Diogo Magri
Diogo Magri
46 minutos. Aplaudido, Vidal sai de campo para a entrada de Jara.
Diogo Magri
Diogo Magri
44 minutos. EXPULSO! Achilier sobe cotovelando o rosto de Vidal e o árbitro não perdoa: vermelho direto. Sem contestação.
Diogo Magri
Diogo Magri
41 minutos. Vidal acerta Velasco e também leva amarelo.
Diogo Magri
Diogo Magri
40 minutos. Vargas vai embora. O volante Pablo Hernandez entra no seu lugar.
Diogo Magri
Diogo Magri
38 minutos. Isla chegou dividindo com Ramirez dentro da área de ataque e, para o árbitro, mereceu levar cartão amarelo pelo pé alto demais.
Diogo Magri
Diogo Magri
37 minutos. Mena deixa o campo para a entrada de Preciado no Equador.
Diogo Magri
Diogo Magri
35 minutos. Outro amarelo, agora para Gruezo, que pisou no tornozelo de Alexis.
Diogo Magri
Diogo Magri
33 minutos. Amarelo para Arboleda, que fez falta pelo alto em Vargas.
Diogo Magri
Diogo Magri
30 minutos. O Equador tenta ficar mais presente no campo de ataque, mas a limitação técnica é clara. A segunda derrota vai praticamente eliminando os equatorianos da Copa América.
Diogo Magri
Diogo Magri
24 minutos. Agora é o Chile quem muda. Sai Fuenzalida, aplaudido, e entra Paulo Diaz.
Diogo Magri

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS