Copa América 2019

Uruguai conta com ajuda do VAR, mas só empata com o Japão na Copa América

Árbitro de vídeo foi decisivo na marcação de um pênalti para os uruguaios e ignorou um a favor dos japoneses. Suárez, Gimenez e Miyoshi (duas vezes) fizeram os gols da partida em Porto Alegre

Suárez marcou um gol de pênalti marcado com a interferência do VAR.
Suárez marcou um gol de pênalti marcado com a interferência do VAR.Edison Vara (AP)

Mais informações

Uruguai e Japão empataram por 2 a 2 nesta quinta-feira, na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, pela segunda rodada do grupo C da Copa América 2019Suárez (de pênalti) e Gimenez fizeram os gols dos uruguaios, enquanto Miyoshi, duas vezes, marcou para a seleção asiática em uma das melhores partidas do torneio até aqui. O VAR teve um papel decisivo no jogo, incitando o árbitro a marcar um pênalti para o Uruguai no primeiro tempo, mas ignorando uma falta dentro da área em cima de Nakajima no começo do segundo tempo.

Surpreendentemente, o jovem time japonês começou melhor a partida, dando trabalho para a reconhecida defesa do Uruguai. Aos 24 minutos, Miyoshi recebeu lançamento pela esquerda em contra-ataque, passou por Laxalt, invadiu a área e chutou algo, sem chances de defesa para Muslera, abrindo o placar. A vantagem da seleção convidada durou pouco, uma vez que, menos de 10 minutos depois, Cavani recebeu lançamento e foi travado por Ueda dentro da área. O árbitro não havia marcado pênalti mas, após rever o lance no VAR, considerou faltosa a solada do japonês. Suárez deslocou o goleiro Kawashima na cobrança e empatou ainda na etapa inicial.

Na mesma toada do primeiro tempo, o Japão iniciou a etapa final apostando na velocidade de seus atacantes. Logo aos dois minutos, Nakajima girou em cima de Gimenez e foi derrubado pelo zagueiro dentro da área; o árbitro não marcou nada e esperou a consulta do VAR, que não apontou penalidade. Poucos minutos depois, Cavani foi lançado e, na cara do goleiro Kawashima, parou na defesa do japonês; na sequência, os asiáticos chegaram bem pela esquerda e Miyoshi, aproveitando uma saída ruim de Muslera, empurrou para o gol vazio e fez 2 a 1. De novo, a vantagem do Japão durou pouco. Sete minutos depois, Lodeiro bateu escanteio no primeiro pau e Gimenez, cabeceando cruzado, empatou em 2 a 2. O resto do segundo tempo foi de pressão uruguaia, que chegou a acertar o travessão com Suárez, mas não conseguiu a segunda vitória na competição. Com quatro pontos, o Uruguai adia a classificação para a última rodada, contra o Chile; agora com seu primeiro ponto, o Japão fecha a fase de grupos contra o Equador.

Veja como contamos Uruguai x Japão: