Obituários

Morre Peter Mayhew, o Chewbacca em ‘Star Wars’

O artista britânico, de 74 anos, esteve na pele do amigo peludo de Han Solo nos três primeiros filmes da saga

Peter Mayhew e Harrison Ford em 2016.
Peter Mayhew e Harrison Ford em 2016.Anthony Harvey (Getty Images)

O ator britânico Peter Mayhew, que interpretou a criatura Chewbacca na saga Star Wars, morreu nesta terça-feira aos 74 anos em sua casa, no Texas. O fato foi confirmado nesta quarta por sua família através do perfil oficial do artista no Twitter: “A família de Peter Mayhew, com profundo amor e tristeza, lamenta compartilhar a notícia de que Peter faleceu”.

Mais informações

Nos três primeiros filmes da saga, Mayhew encarnou o leal e peludo companheiro de Han Solo (Harrison Ford), além de ser o copiloto da famosa nave que os transportava, o Falcão Milenar. Apesar de Chewbacca jamais ter pronunciado uma só palavra – comunicava-se por grunhidos e uivos animalescos –, tornou-se uma das figuras mais carismáticas e conhecidas da legendária saga de ficção científica dirigida por George Lucas.

Mayhew foi Chewbacca nos três filmes originais: Star Wars: Uma Nova Esperança (1977); O Império Contra-Ataca (1980) e O Retorno de Jedi (1983). Na segunda trilogia da série, colaborou assessorando seu sucessor no papel, Joonas Suotamo, ensinando-o a se comportar como um autêntico wookiee, a raça à qual pertencia Chewbacca.

O ator britânico, de 2,18 metros de altura, voltou a interpretar o papel em Star Wars: Episódio III – A Vingança dos Sith (2005), que fechou a segunda trilogia da saga, e Star Wars: Episódio VII – O Despertar da Força (2015), que iniciou a terceira e, até agora, última série de três filmes de Star Wars.

Peter Mayhew, e um cartaz com a imagem de seu personagem famoso, Chewbacca, de 'Star Wars'.
Peter Mayhew, e um cartaz com a imagem de seu personagem famoso, Chewbacca, de 'Star Wars'.Frank Mullen (WireImage)

Seus familiares destacaram no comunicado que naquela nova etapa sob a pele de Chewbacca o ator trabalhou sem descanso para superar seus problemas de mobilidade, que o mantinham quase permanentemente numa cadeira de rodas. “Para ele, a família Star Wars significava muito mais que um personagem em um filme.”

Graças ao sucesso dos filmes, Mayhew participou durante décadas dos encontros com fãs no mundo todo, até se tornar um dos artistas mais queridos da saga. Em 2015, contou como foi especial para ele reencontrar-se com Harrison Ford num set durante a filmagem de Star Wars: Episódio VII - O Despertar da Força, e definiu sua estreita relação fora da tela como a de “um casamento”.

“Estava sentado no meu trailer. Bateram à porta e alguém gritou ‘Cadê esse tapete ambulante?’. Era o Harrison. Entrou, me deu um grande abraço e me disse: ‘Bem-vindo de volta’”, contou o ator à revista Empire. Sua família destacou também que em seus últimos anos dedicava-se à Fundação Peter Mayhew, que luta contra as crises alimentares.