Barcelona

‘France Football’ pede perdão a Iniesta por não tê-lo premiado com Bola de Ouro

Em editorial, diretor da revista francesa que concede a premiação pede desculpas ao jogador do Barça

Iniesta despede-se na Copa do Rei
Iniesta despede-se na Copa do ReiDenis Doyle (Getty)

Mais informações

Durante os últimos dias, com ar de despedida para Andrés Iniesta, as manifestações de reconhecimento ao jogador do Barcelona têm sido unânimes. A mais recente chega da França, da revista que concede anualmente o prêmio de melhor jogador do ano. O jogador, nascido na região de Castela-Mancha, esteve perto de ganhar o prêmio em 2010 e 2012, o que não ocorreu, porque foi a decisão da France Football na época. Agora, no entanto, a publicação pede desculpas ao jogador, que possivelmente anuncia esta semana que, a partir da próxima temporada, vai jogar na liga chinesa.

"Perdão, Andrés", escreve Pascal Ferré, diretor da revista. "A maioria de seus contemporâneos complica a vida, mas ele se divertiu durante 15 anos, simplificando tudo. Sem nenhum pensamento de vaidade, só o de viver o jogo. Sem ele, Messi teria se cansado muito mais rápido no Barcelona. Com ele, o Barça superou todas as adversidades possíveis", continua no texto.

Para Ferré, "Iniesta não é um jogador, e sim O jogador, uma exceção ecumênica que obriga ao respeito". E continua: "Seu talento é inventar para os outros. Ele provou que o cérebro é, definitivamente, o músculo essencial dos campeões de grande categoria [...]. Seu absoluto altruísmo o privou de um reconhecimento ainda maior [...]. Entre as grandes ausências das premiações da Bola de Ouro, a sua é dolorosa".

Iniesta ficou duas vezes entre os três finalistas do prêmio. A primeira em 2010, em plena época dourada do Barcelona de Guardiola e quando a Espanha conquistou sua única Copa do Mundo, precisamente graças a um gol do jogador do Barça na final contra a Holanda; nessa primeira vez, ficou em segundo, com 17,39% dos votos, atrás de Leo Messi (22,65%). Na segunda, em 2012, ficou atrás de La Pulga e Cristiano Ronaldo, desta vez com 10,91%.