Seleccione Edição
Entra no EL PAÍS
Login Não está cadastrado? Crie sua conta Assine

“Pedi mais dinheiro que McDreamy porque a série é ‘Grey’s Anatomy’ e Grey sou eu. Não me deram”

Ellen Pompeo acaba de renovar com a série por duas temporadas por 20 milhões de dólares.

“Falei a Patrick Dempsey de nos unirmos para negociar, mas nunca esteve interessado”, revela

Ellen Pompeo Grey's Anatomy Ampliar foto
A atriz Ellen Pompeo, no mês de julho.

A série se chama Grey's Anatomy (a anatomia de Grey), de modo que se nesta ficção protagonizada por médicos, e seus dramas e romances, há uma clara protagonista, esta é a doutora Meredith Grey. Sem Grey, portanto, sem Ellen Pompeo, a atriz que a interpretou durante as 14 temporadas, parece que a ficção da Shonda Rhimes deixaria de ser transmitida. Mas nada mais longe da realidade, segundo a recente entrevista da intérprete à The Hollywood Reporter. Na revista, Ellen Pompeo revela sua luta para receber o que considerava “que merecia” e de como chegavam a usar seu colega de elenco, e alma gêmea da ficção, Patrick Dempsey, contra suas reivindicações.

“Agora tenho 48 anos, e finalmente cheguei ao lugar em que me sinto bem pedindo o que mereço”, afirma Pompeo à publicação, na qual fala do acordo que acaba de firmar com a ABC Studios, pelo qual embolsará 20 milhões de dólares (65 milhões de reais) por duas novas temporadas (ou, o que dá na mesma, 575.000 dólares — 1,9 milhão de reais — por episódio) de Grey's Anatomy, da qual também se torna produtora (o que lhe trará outros rendimentos). Cifras antecipadas pela Deadline e The Hollywood Reporter e que a transformam em uma das atrizes mais bem pagas da televisão depois de 12 anos desde que em 27 de março de 2005 apareceu pela primeira vez pelos corredores do Seattle Grace Hospital. Além disso, a atriz também será coprodutora executiva da próxima série derivada de Grey's Anatomy. Um acordo que parece confirmar assim que vai haver mais duas temporadas (a 15ª e a 16ª) da série dramática, uma das de maior audiência, exibida em mais de 200 países, incluindo o Brasil.

How Ellen Pompeo became TV's $20M woman. Link in profile. Photo: @mrmikerosenthal

Uma publicação partilhada de Hollywood Reporter (@hollywoodreporter) o

“Grey gerou mais de 3 bilhões de dólares para a Disney. Quando o seu rosto e a sua voz foram parte de algo que gerou esse dinheiro para uma das maiores corporações do mundo, você começa a pensar: ‘OK, talvez eu mereça uma parte disso”, afirma Pompeo em um texto na revista. E foi isso que a levou a reivindicar não só mais dinheiro, mas também mais poder, a Shonda Rhimes, criadora dessa e outras séries de sucesso, como Scandal.

Ellen Pompeo e Patrick Dempsey, em um episódio da temporada oito de ‘Grey's Anatomy'.
Ellen Pompeo e Patrick Dempsey, em um episódio da temporada oito de ‘Grey's Anatomy'.

No texto, a atriz revela que durante anos recebeu menos que o coprotagonista da ficção, Patrick Dempsey (com quem disse ter tido um final “tumultuado”), apesar de ser o seu personagem que dá nome à série. Também revela que a competição e a rivalidade foram uma constante durante anos entre os atores do elenco. “Para mim, a saída de Patrick da série [em 2015] foi um momento decisivo. Sempre o podiam usar como uma influência contra mim. ‘Não precisamos de você. Temos ele’. E fizeram isso durante anos. Não sei se também fizeram o mesmo com ele porque nunca conversamos sobre nossos acordos”, afirma Pompeo. “Houve muitas vezes em que lhe falei de nos unirmos para negociar, mas nunca esteve interessado nisso”, recorda Pompeo, uma das poucas atrizes que falou com tantos detalhes de um processo de negociação salarial.

Segundo conta, em certo momento chegou a pedir 5.000 dólares (16.500 reais) a mais que Patrick Dempsey, por ser ela a protagonista, e não lhe deram. “Poderia ter ido embora, por que não fiz isso? É minha série, sou a número um. Estou certa de que senti o mesmo que muitas outras atrizes: por que deveria deixar um grande papel por causa de um cara? Você sente esse conflito, e depois conclui: ‘Não vou deixar que um homem me tire de minha própria casa”, diz Pompeo.

Ellen Pompeo e, à esquerda, Jaina Lee Ortiz, em uma cena da história derivada de 'Grey's Anatomy', da qual ainda não se sabe o título.
Ellen Pompeo e, à esquerda, Jaina Lee Ortiz, em uma cena da história derivada de 'Grey's Anatomy', da qual ainda não se sabe o título. AP

“Então, o que acontece quando Patrick deixa a série? Primeiro, houve um pico de audiência, do que eu ri. Mas a verdade é que a tinta nem sequer estava seca em seus papéis de saída e já tinham um novo sujeito. Não pude acreditar em como o estúdio e a rede sentiram tão rápido que tinham de colocar um pênis ali de novo.”

Hoje ela se sente orgulhosa pelo acordo alcançado, e por uma luta em que se sentiu inspirada pelas mulheres à frente do movimento feminista Time’s Up. “Estar sentada em salas cheias de atrizes ganhadoras de um Oscar escutando como foram assediadas e agredidas é aterrador. Isso me confirmou que meu caminho realmente era o correto, porque decidi me empoderar financeiramente para que nunca tenha de me esquivar de predadores e correr atrás de troféus”.

MAIS INFORMAÇÕES