Dia de Martin Luther King

Dia de Martin Luther King celebra o líder que se confunde com a história dos Direitos Civis

Nesta segunda-feira é comemorada a data que este ano coincide com seu aniversário

Martin Luther King, no Monumento a Lincoln em Washington
Martin Luther King, no Monumento a Lincoln em WashingtonF. MILLER / Getty Images

Mais informações

“Eu tenho um sonho, só um sonho: continuar sonhando”, gritou o reverendo Martin Luther King (1929-1968) das escadas do Monumento a Lincoln em Washington em 1963. Seu discurso dava voz a milhares de pessoas que pediam mais igualdade de direitos civis aos afro-americanos, ativistas que, além disso, lutaram contra a Guerra do Vietnã e a pobreza. Nesta segunda-feira, 15 de janeiro, King faria 89 anos.

Apesar de sua vida ter se apagado com o impacto de uma bala em 1968, quando morreu assassinado por um segregacionista branco em Memphis (Tennessee), sua mensagem perdurou até nossos dias. O Dia de Martin Luther King Jr. é comemorado na terceira segunda-feira de janeiro nos EUA, e em 2018, coincide com sua data de nascimento em 1929.

Martin Luther King é considerado o principal militante da não violência contra a discriminação racial na legislação norte-americana. Suas campanhas o levaram a percorrer 9,3 milhões de quilômetros durante 13 anos, nas quais falou 2.500 vezes em público, foi preso pela polícia em mais de vinte ocasiões e agredido fisicamente em pelo menos outras quatro. Morreu aos 39 anos e, segundo o biógrafo Taylor Branch, a autópsia mostrou que seu coração parecia o de um homem de 60 pelo efeito do estresse.

O Dia de Martin Luther King Jr. é comemorado na terceira segunda-feira de janeiro nos EUA, e em 2018, coincide com sua data de nascimento em 1929

Após uma campanha para reconhecer sua figura, o à época presidente Ronald Reagan assinou, 35 anos após seu assassinato, uma lei que estabelecia esse dia como feriado nacional. Alguns Estados norte-americanos começaram a chamar a data com nomes alternativos e combiná-la com outras festividades como sinal de protesto pela iniciativa. No ano 2000, o Martin Luther King Day foi comemorado oficialmente pelos 50 Estados da União dos EUA.

No 50° aniversário de sua morte, a figura de Martin Luther King continua vigente na sociedade norte-americana e mundial. Sua mensagem, com a qual ganhou o Prêmio Nobel da Paz em 1964, continua sendo um dos escudos das pessoas que lutam contra o racismo e a discriminação social. “Se eu soubesse que o mundo acabaria amanhã, eu, ainda hoje, plantaria uma árvore”, disse King em uma ocasião.

Debido a las excepcionales circunstancias, EL PAÍS está ofreciendo gratuitamente todos sus contenidos digitales. La información relativa al coronavirus seguirá en abierto mientras persista la gravedad de la crisis.

Decenas de periodistas trabajan sin descanso para llevarte la cobertura más rigurosa y cumplir con su misión de servicio público. Si quieres apoyar nuestro periodismo puedes hacerlo aquí por 1 euro el primer mes (a partir de junio 10 euros). Suscríbete a los hechos.

Suscríbete
O mais visto em ...Top 50