Seleccione Edição
Login

Bitcoin despenca 15% depois de um grande roubo virtual da criptomoeda

Falência de operadora sul-coreana faz a moeda cair para 50.000 reais

Bitcoin Cash
Recriação de um bitcoin. REUTERS

O preço do bitcoin despencou esta manhã nos mercados asiáticos para 15% depois que a plataforma sul-coreana de criptomoedas (Youbit) anunciou sua falência depois de sofrer um roubo virtual de cerca de 17% de suas divisas digitais em carteira. O bitcoin chegou a subir anteriormente a um teto de 2,26 milhões de ienes (cerca de 65.000 reais) no Coincheck, um dos mercados japoneses com maior volume de negócios, mas nesta quarta-feira, dia 20, caiu para 1,885 milhões de ienes (cerca de 50.000 reais).

O mercado sul-coreano Youbit, antes conhecido como Yapizon, se viu obrigado a pedir falência depois de permitir que seus clientes retirassem 75% do saldo de suas carteiras digitais e perdessem o resto de seus ativos no ciberataque de terça-feira. Os hackers realizaram o ataque às 4h35 no horário local (15h35 da segunda-feira no horário de Brasília), segundo explica a empresa em seu site na Internet, sem revelar o valor das criptomoedas que foram roubadas.

“Para minimizar os danos de nossos clientes, permitimos que retirassem cerca de 75% do saldo”, disse um sócio da empresa, em declarações divulgadas pela agência coreana Yonhap. O restante das moedas virtuais não correram perigo, já que estavam guardadas em uma “carteira fria”, termo que se refere a manter uma reserva de criptomoedas em um lugar sem conexão com a rede, como em um drive USB ou outros elementos físicos.

A Youbit sofreu outro ataque em abril passado, no qual os piratas subtraíram criptomoedas em um valor de 5,5 trilhões de wones (mais de 15 milhões de reais), segundo a mídia local.

As moedas virtuais se tornaram um meio popular de pagamento e um ativo pujante de investimento no Japão e na Coreia do Sul, país que se tornou um dos mercados de maior capitalização em todo o mundo, mesmo tendo sido afetado várias vezes por ciberataques.

O roubo de divisas no Youbit acontece dias depois que a agência de espionagem sul-coreana afirmou que a Coreia do Norte estava por trás dos ataques contra casas de câmbio de criptomoedas no país este ano.

A criptomoeda acumulou problemas nos últimos dias, já que nesta terça-feira as autoridades norte-americanas suspenderam a negociação das ações da empresa Crypto Company, cujas atividades estão relacionadas ao bitcoin, alegando preocupação com uma possível manipulação no mercado depois que o valor de seus títulos disparou.

Os analistas financeiros consideram que a queda foi estimulada pelo roubo e pela regulamentação dos EUA, mas também ao ajuste de sua cotação devido ao movimento de alta. A cotação do bitcoin disparou quase vinte vezes desde janeiro e chegou a um novo máximo este mês, depois que dois mercados de futuros norte-americanos, o CBOE e o CME de Chicago, começaram a oferecer contratos.

MAIS INFORMAÇÕES