Final da Champions

Cardiff: acampar para ver a final da Champions

Não há mais voos regulares para a capital do País de Gales, que, sem leitos de hotéis para todos, terá que montar um enorme camping para abrigar os torcedores

Cardiff Stadium, onde será disputada a final da Champions.
Cardiff Stadium, onde será disputada a final da Champions.John Sibley (REUTERS)

Voar no fim de semana de 2 a 4 de junho de Madri para Nova York custa 411 euros (1.400 reais); para Bangkok, 609 (2.070 reais). Outros destinos de longa distância, como Tóquio e Pequim, saem por 575 (1.955 reais). Mas pegar um avião nesse período da Espanha para Cardiff, sede da final da Champions League entre Real Madrid e Juventus, custava 810 euros (2.755 reais) há uma semana. Custava, porque ontem já não havia mais voos diretos. A essa altura, a única opção para chegar sem escalas à capital do País de Gales é ir de voo fretado. Mas esse é só o primeiro inconveniente que os torcedores enfrentam por causa da decisão da UEFA de escolher Cardiff como palco da final da Champions.

Mais informações

“Foi mais simples em Milão e Lisboa. Tivemos muitos problemas, inclusive para encontrar voos fretados disponíveis, pois eles coincidem com os primeiros cruzeiros da temporada ao redor da Noruega – e muitos já estavam reservados”, diz Gerardo Andrés Tocino, presidente do grupo de torcedores merengues La Gran Familia. “Ir à final de Milão no dia custou 580 euros (1.972 reais). Para Munique, nas quartas de final dessa temporada, 580 euros (1.310 reais). Já para Cardiff, conseguimos voo fretado com traslados por 695 (2.363 reais), mas as agências nos disseram que praticamente não terão lucro.”

O outro grande obstáculo representado pela capital do País de Gales, de menos de 400.000 habitantes, é o alojamento. Faltando 20 dias para a partida, os pelo menos 38.000 torcedores do Real Madrid e da Juventus que irão a Cardiff já não podem encontrar um único quarto de hotel disponível. Está tudo esgotado. Se o que procuram é ficar num apartamento, o preço médio por quarto para uma noite na plataforma Airbnb é de 1.092 euros (3.712 reais). Encontrar uma cama na cidade a um valor acessível virou tarefa impossível. O único alojamento que pode ser reservado no buscador Booking para o dia da final sai por 2.364 euros (8.037 reais) e dá para duas pessoas. A partir daí, a opção mais próxima fica a 12 quilômetros e custa pelo menos 400 euros (1.360 reais) em toda a região. Cardiff, que conta com apenas 4.000 quartos de hotéis, está totalmente sobrecarregada por causa do evento.

Camping Ninja, em Cardiff.
Camping Ninja, em Cardiff.

A magnitude do encontro levou a Federação Galesa de Futebol a realizar um estudo minucioso sobre o número de alojamentos reservados em Berlim e Milão, cidades que sediaram as duas últimas finais da Champions. Com base no relatório da própria federação, as autoridades perceberam que a oferta hoteleira de Cardiff era insuficiente para hospedar a quantidade de torcedores. O informe concluiu que, para poder cobrir toda a demanda, a cidade precisaria de outros 50.000 quartos de hotel.

Os preços das barracas em Camp Cardiff vão de 306 a 1.700 reais

Ante essa situação, a empresa Camping Ninja, que organiza acampamentos temporários ao redor de eventos esportivos, viu a oportunidade de aumentar a oferta de alojamentos na cidade. Com experiências em eventos tão grandes quanto os Jogos Olímpicos de Londres 2012 e os Jogos da Commonwealth de Glasgow 2014, a firma decidiu montar o Camp Cardiff entre 31 de maio e 5 de junho. Hoje, esse camping lidera as recomendações feitas pela UEFA através do aplicativo oficial lançado para ajudar os torcedores a preparar sua viagem. “É um camping situado em Pontcanna Fields, no interior do perímetro urbano. Está a 20 minutos a pé do estádio e do centro da cidade”, descreve a UEFA no app. “Terá barracas com cama, travesseiro, roupa de cama e tudo o que for preciso para uma estada confortável e tranquila.”

13.600 reais por um ônibus

Passar a noite numa barraca básica do acampamento custa a partir de 90 euros (306 reais) por pessoa. Para quem quiser mais comodidades, os preços do pernoite superam os de hotéis cinco estrelas de Madri, como o Ritz e o Eurostars. As opções mais luxuosas de Camp Cardiff, que promete oferecer uma zona com banheiros de alta qualidade, clube social, café da manhã e tomadas grátis, vão de 400 a 500 euros (1.360 a 1.700 reais). Os torcedores dos dois times finalistas compartilharão o espaço, já que a empresa decidiu não separá-los. “O estudo sugere que é muito mais seguro para os torcedores estar juntos. Trabalharemos com a Polícia de Cardiff e com as duas equipes para evitar problemas”, diz um porta-voz da Camping Ninja.

 As cidades de Bristol e Swansea, a cerca de 70 quilômetros (uma hora de trem) de Cardiff são as alternativas mais comuns. Ali a UEFA alojará os jornalistas, aos quais não foram oferecidos quartos na capital. Mas o evento também disparou os preços dos traslados. “Eles pedem 4.000 euros (13.600 reais) para o aluguel de um ônibus completo, quando o preço médio na Europa gira em torno dos 500 euros (1.700 reais)”, lamenta o presidente de La Gran Familia.