FC Barcelona

Barcelona prepara lista de candidatos à vaga de Luis Enrique

Jorge Sampaoli aparece como um dos principais postulantes ao cargo de técnico do clube catalão

Sampaoli, durante um jogo do Sevilla.
Sampaoli, durante um jogo do Sevilla.Julio Muñoz (EFE)

Após três temporadas no Camp Nou, Luis Enrique deixará o Barcelona em junho. Um adeus que não surpreendeu ninguém na direção do clube azul-grená, que há meses já busca um novo técnico para o lugar do asturiano. Conheça os mais cotados:

MAIS INFORMAÇÕES

Jorge Sampaoli (Santa Fé, Argentina; 56 anos). Quando Luis Enrique foi escolhido como o melhor treinador da temporada na Bola de Ouro de 2015, Jorge Sampaoli foi um dos finalistas derrotados, junto com Pep Guardiola. Enquanto Luis Enrique representa o passado mais laureado da história do clube, o argentino desponta agora como forte candidato a substituí-lo.

Depois de chamar a atenção do mundo ao levar o Chile ao título da Copa América em 2015, Sampaoli tentou o salto para o futebol europeu. Negociou sem sucesso com a Lazio e o Espanyol, até que Ramón Monchi, dirigente do Sevilla, convenceu o argentino a assumir o time andaluz. Caiu na Supercopa da Europa contra o Real Madrid, e na Copa do Rei diante do Barcelona, mas não perdeu o prestígio dentro do clube. O Sevilla está em terceiro lugar no Campeonato Espanhol e se classificou para as oitavas de final da Champions. E o presidente do clube andaluz, José Castro, já admitiu ter oferecido a renovação. O técnico argentino agradeceu o gesto, mas evitou falar sobre seu futuro.

O jogo atrevido de Sampaoli seduz a diretoria e o elenco do Barcelona, especialmente alguns pesos-pesados do vestiário que adorariam ter o argentino no banco na temporada que vem.

Ernesto Valverde
Ernesto Valverde

Ernesto Valverde (Cáceres, Espanha; 53 anos). O nome de Valverde atrai o Barcelona. O técnico do Athletic de Bilbao é um velho amigo do Barça, onde atuou como atleta por duas temporadas (1988-1990). Fez 22 jogos e marcou oito gols antes de aterrissar no Athletic, onde estreou como técnico na campanha 2003-2004. O time basco não pensa em abrir mão de Valverde, pois já cogita prorrogar o atual contrato dele, que vence em junho. Esta segunda passagem de Cáceres como técnico do clube já dura quatro anos; a anterior foi de 2003 a 2005.

Em fevereiro, Valverde se tornou o treinador com mais jogos na história do Athletic, superando Javier Clemente (290). Em seus 292 duelos como técnico do time alvirrubro, soma 132 vitórias, 67 empates e 93 derrotas. O Barcelona há bastante tempo acompanha sua carreira, e Andoni Zubizarreta, quando diretor esportivo, já tentou contratá-lo.

Eusebio Sacristán (La Seca, Espanha; 52 anos) conhece como ninguém a filosofia do Barcelona. Participou do dream team de Johan Cruyff, com o qual conquistou oito títulos, entre eles a primeira Champions do clube, em 1992. Na temporada de 2003, voltou ao Barça, desta vez como assistente técnico de Frank Rijkaard. Com ele no grupo, o clube azul-grená voltou a erguer o troféu da Champions em 2006.

Com o adeus do técnico holandês, em 2008, Eusebio partiu para Vigo, mas voltou a Barcelona em 2011 para assumir o time B. Ficou quatro anos no Barça e colocou a equipe filial na terceira colocação da Segunda A, um recorde que compartilha com Luis Enrique. Em 2015, após 150 jogos no banco do Mini, o Barcelona demitiu Eusebio por maus resultados. Foi o primeiro treinador do Barça B a deixar o cargo dessa maneira. E eis que agora o Barça volta a pensar em Eusebio.

A diretoria do clube também examina outras opções. Juan Carlos Unzué (adjunto de Luis Enrique) é visto como uma solução de continuidade. Ronald Koeman, outro que conhece a casa - o ex-zagueiro também foi treinado por Cruyff -, aparece como um potencial candidato. Outras opções, mais arriscadas, são os nomes de Klopp (Liverpool) e Tuchel (Borussia Dortmund).

Arquivado Em: