FC Barcelona

Barcelona prepara lista de candidatos à vaga de Luis Enrique

Jorge Sampaoli aparece como um dos principais postulantes ao cargo de técnico do clube catalão

Após três temporadas no Camp Nou, Luis Enrique deixará o Barcelona em junho. Um adeus que não surpreendeu ninguém na direção do clube azul-grená, que há meses já busca um novo técnico para o lugar do asturiano. Conheça os mais cotados:

Mais informações

Jorge Sampaoli (Santa Fé, Argentina; 56 anos). Quando Luis Enrique foi escolhido como o melhor treinador da temporada na Bola de Ouro de 2015, Jorge Sampaoli foi um dos finalistas derrotados, junto com Pep Guardiola. Enquanto Luis Enrique representa o passado mais laureado da história do clube, o argentino desponta agora como forte candidato a substituí-lo.

Depois de chamar a atenção do mundo ao levar o Chile ao título da Copa América em 2015, Sampaoli tentou o salto para o futebol europeu. Negociou sem sucesso com a Lazio e o Espanyol, até que Ramón Monchi, dirigente do Sevilla, convenceu o argentino a assumir o time andaluz. Caiu na Supercopa da Europa contra o Real Madrid, e na Copa do Rei diante do Barcelona, mas não perdeu o prestígio dentro do clube. O Sevilla está em terceiro lugar no Campeonato Espanhol e se classificou para as oitavas de final da Champions. E o presidente do clube andaluz, José Castro, já admitiu ter oferecido a renovação. O técnico argentino agradeceu o gesto, mas evitou falar sobre seu futuro.

O jogo atrevido de Sampaoli seduz a diretoria e o elenco do Barcelona, especialmente alguns pesos-pesados do vestiário que adorariam ter o argentino no banco na temporada que vem.

Ernesto Valverde (Cáceres, Espanha; 53 anos). O nome de Valverde atrai o Barcelona. O técnico do Athletic de Bilbao é um velho amigo do Barça, onde atuou como atleta por duas temporadas (1988-1990). Fez 22 jogos e marcou oito gols antes de aterrissar no Athletic, onde estreou como técnico na campanha 2003-2004. O time basco não pensa em abrir mão de Valverde, pois já cogita prorrogar o atual contrato dele, que vence em junho. Esta segunda passagem de Cáceres como técnico do clube já dura quatro anos; a anterior foi de 2003 a 2005.

Em fevereiro, Valverde se tornou o treinador com mais jogos na história do Athletic, superando Javier Clemente (290). Em seus 292 duelos como técnico do time alvirrubro, soma 132 vitórias, 67 empates e 93 derrotas. O Barcelona há bastante tempo acompanha sua carreira, e Andoni Zubizarreta, quando diretor esportivo, já tentou contratá-lo.

Eusebio Sacristán (La Seca, Espanha; 52 anos) conhece como ninguém a filosofia do Barcelona. Participou do dream team de Johan Cruyff, com o qual conquistou oito títulos, entre eles a primeira Champions do clube, em 1992. Na temporada de 2003, voltou ao Barça, desta vez como assistente técnico de Frank Rijkaard. Com ele no grupo, o clube azul-grená voltou a erguer o troféu da Champions em 2006.

Com o adeus do técnico holandês, em 2008, Eusebio partiu para Vigo, mas voltou a Barcelona em 2011 para assumir o time B. Ficou quatro anos no Barça e colocou a equipe filial na terceira colocação da Segunda A, um recorde que compartilha com Luis Enrique. Em 2015, após 150 jogos no banco do Mini, o Barcelona demitiu Eusebio por maus resultados. Foi o primeiro treinador do Barça B a deixar o cargo dessa maneira. E eis que agora o Barça volta a pensar em Eusebio.

A diretoria do clube também examina outras opções. Juan Carlos Unzué (adjunto de Luis Enrique) é visto como uma solução de continuidade. Ronald Koeman, outro que conhece a casa - o ex-zagueiro também foi treinado por Cruyff -, aparece como um potencial candidato. Outras opções, mais arriscadas, são os nomes de Klopp (Liverpool) e Tuchel (Borussia Dortmund).

O mais visto em ...Top 50