Violência doméstica

Promotoria pede sete meses de prisão para Lucas Hernández e seis para companheira

Juíza encaminha caso do jogador do Atlético de Madrid para tribunal criminal

Os pedidos ocorreram na retomada do julgamento imediato que havia começado na própria sexta-feira, horas depois dos fatos denunciados, mas que teve de ser suspenso por não poder contar com a presença da jovem.

Após analisar os dados, a juíza Elena Garade García concordou em remeter o caso a um tribunal penal de Madri para que seja realizado um julgamento pela jurisdição penal, segundo informação do Tribunal Superior de Justiça de Madri. A juíza decidiu manter a determinação tomada na sexta-feira de que, até que isso ocorra, os dois envolvidos não podem ser aproximar a menor de 500 metros um do outro.

Mais informações

O pedido da promotoria no caso de Lucas Hernández inclui, além disso, de acordo com o artigo 153.2 do Código Penal, a inabilitação especial para o direito de concorrer a eleições durante o tempo de condenação; e privação do direito ao porte e posse de armas durante dois anos.

Para sua companheira, o pedido é o mesmo quanto ao crime de violência doméstica, mas por quatro meses, acrescentando-se mais dois meses de prisão pelos prejuízos causados. Foi pedida, também, a aplicação de uma multa de 10 euros por dia por dois meses (ou seja, 600 euros, ou 2.000 reais), com a responsabilidade pessoal complementar de um dia de privação de liberdade para cada duas cotas pagas.

Nos dois casos, com base nos artigos 48 e 57 do Código Penal, pede-se a imposição de proibição de aproximação inferior a 500 metros entre um e outro, assim como de suas residências e locais de trabalho, e o veto à comunicação com ele por qualquer meio durante dois anos.

O caso foi instaurado sob a forma de julgamento imediato pela Polícia Local de Las Rozas, onde se deu a prisão do réu, e pela Guarda Civil. Essa forma de procedimento judicial foi mantida pela juíza do Tribunal.

Durante a sessão da manhã desta segunda-feira, nenhuma das partes fez acusações.

O mais visto em ...Top 50