Acidente de avião

Avião de carga cai sobre casas em Quirguistão e deixa 37 mortos

A aeronave caiu numa área residencial e destruiu 15 casas

Destroços do avião depois de atingir uma área residencial no Quirguistão.
Destroços do avião depois de atingir uma área residencial no Quirguistão.V. P. (REUTERS)

Mais informações

Pelo menos 37 pessoas morreram na queda de um avião de carga turco sobre uma área residencial perto do aeroporto de Bishkek, capital do Quirguistão. Num primeiro momento, a agência de notícias AKIpress News afirmou que o Boeing 747 era da Turkish Airlines, o que foi imediatamente desmentido pela agência de comunicação que tem como cliente a companhia aérea turca. A mesma agência disse que o avião pertence à ACT Airlines, de propriedade da MyCargo, empresa de carga aérea com sede em Istambul (Turquia). O avião caiu sobre uma área povoada próxima do aeroporto, destruindo ao menos quinze casas na localidade vizinha de Dacha-Suu. O aeroporto foi fechado enquanto era realizada a operação de resgate. As autoridades do país anunciaram que o acidente foi provocado por um “erro do piloto”, informa a AFP.

A agência de notícias RIA Novosti informa que dos 32 mortos contabilizados até agora, quatro são tripulantes do avião, que fazia o voo 6491, procedente de Hong Kong, e o resto são moradores do lugar, entre os quais há seis crianças.

Também há ao menos oito feridos, que foram internados em hospitais na capital, de acordo com o ministro da Saúde, Talantbek Batyraliyev, citado pela AKpress News.

O acidente aconteceu às 7h30 (23h30 de domingo em Brasília), a algumas centenas de metros da pista de aterrissagem do aeroporto internacional de Manas, onde havia um denso nevoeiro.