Seleccione Edição
Login

PEC 55: só 33% dizem conhecer texto, aprovado pelo Senado

Mesmo contra as cordas, Temer deve aprovar congelamento dos gastos públicos por até 20 anos

Leia aqui um guia com os principais pontos da discussão e com argumentos contra e a favor

votação PEC 55
O presidente do Senado, Renan Calheiros. REUTERS

Atravessando seu momento mais frágil desde que chegou ao poder por causa das delações da Odebrecht no âmbito da Lava Jato, o Governo Michel Temer conquistou uma vitória maiúscula. O Senado aprovou nesta terça-feira, por 53 votos a 16, em última e definitiva votação, a PEC 55, proposta de emenda constitucional que congela por até 20 anos os gastos públicos, que só serão reajustados pela inflação do ano anterior. É a maior mudança em matéria fiscal desde a Constituição de 1988. Agora, o texto segue para sanção do presidente e será incorporado à Constituição.

A PEC, porém, ainda é um projeto nebuloso para a maior parte da população. Segundo pesquisa do Ibope Inteligência para a CNI (Confederação Nacional da Indústria), só 33% dizem conhecer "bem" ou "mais ou menos" o projeto (o índice cai para 22% entre os com ensino fundamental). O instituto ouviu 2002 pessoas em 143 cidades brasileiras em setembro.

Clique abaixo para entender a PEC 55 e ler as opiniões de especialistas contra e favor da proposta.

MAIS INFORMAÇÕES