Terremotos

Terremoto de 6,5 pontos sacode a costa norte da Califórnia

O tremor foi sentido em San Francisco e não gerou alerta de tsunami

Localização do terremoto, segundo o Serviço de Geologia dos EUA.
Localização do terremoto, segundo o Serviço de Geologia dos EUA.

MAIS INFORMAÇÕES

Um terremoto de 6,5 pontos foi registrado nesta quinta-feira no oceano Pacífico, a cerca de 160 quilômetros da costa norte das Califórnia (EUA), na direção da cidade de Eureka, segundo informações do Serviço de Geologia dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês). O sismo foi localizado a dez quilômetros de profundidade e não gerou a ativação de um alerta de tsunami por parte do Serviço de Alerta de Maremotos do Pacífico. Até o momento, não há informações de que o tremor tenha ocasionado vítimas ou danos materiais.

O evento aconteceu às 14h49 GMT, seu hipocentro se localizou a 12,1 quilômetros de profundidade e seu epicentro a 160 quilômetros a oeste da localidade litorânea de Ferndale, acrescentou o USGS, sem dar mais detalhes. Inicialmente, informou-se que o terremoto tinha sido de 6,8 pontos, mas a intensidade foi rebaixada posteriormente para 6,5.

Segundo a agência de notícias Reuters, o tremor foi sentido em San Francisco. “Senti que as luzes se mexeram durante uns 20 segundos”, contou um habitante da cidade em um tuite citado pela agência.

A Califórnia é uma área de intensa atividade sísmica, causada pela sua localização, em plena falha geológica de San Andrés. A costa norte do Estado é uma das mais ativas, razão pela qual tremores de terra ocorrem ali com regularidade. Nos últimos dias, vários deles, de menor intensidade, foram registrados.

Em San Francisco, é difícil esquecer dos sismos. Não apenas por causa da grande quantidade de placas, recordações e fotografias que recordam o terremoto de 1906, cujo incêndio, posterior, acabou com quase toda a cidade — somente a avenida Van Ness conseguiu fazer o papel de obstáculo contra o fogo —, mas também porque toda terça-feira, ao meio-dia, soa um alarme em toda a cidade. Poucos segundos depois do susto inicial, os alto-falantes apelam para a calma: “This is just a test, this is just a test” (Isto é apenas um teste, isto é apenas um teste).

O mais visto em ...Top 50