Cirque du Soleil

Morre o filho do fundador do Cirque du Soleil no ensaio do espetáculo ‘Luzia’

Técnico Olivier Rochette faleceu em São Francisco ao ser atingido por um elevador no palco

Imagem do espetáculo Luzia.Circo del Sol / EL PAÍSundefined
Mais informações
Morre Sharon Jones, uma fera do soul contemporâneo
Lima Barreto, escritor negro e pobre, será homenageado na Flip 2017
A nova geração de músicos do Pará que você deveria conhecer
O disco mais caro da história, vazado pelo ‘homem mais odiado’

Olivier Rochette, filho do fundador do Cirque du Soleil, morreu em São Francisco (Estados Unidos) em um acidente enquanto preparava o espetáculo Luzia, justamente para o famoso circo criado por Gilles Ste-Croix no começo dos anos 80. Rochette, de 42 anos, sofreu um “acidente de trabalho” no palco, quando foi atingido por um elevador telescópico.

O diretor do Cirque du Soleil, Daniel Lamarre, evidenciou a profunda tristeza da empresa pelo falecimento do filho de Gilles Ste-Croix, um dos criadores originais da famosa companhia circense em Baie-Saint-Paul, uma pequena cidade próxima a Quebec (Canadá). Rochette trabalhava há quase 20 anos como técnico na empresa.

A polícia de São Francisco está investigando o ocorrido, mas inicialmente qualificou o fato como um acidente de trabalho e industrial. Além disso, os técnicos do circo estão revisando os sistemas de segurança e os padrões aplicados pelo próprio Cirque du Soleil.

Salvar

“Meu coração está despedaçado”, afirmou Lamarre, que pediu respeito à privacidade da família. “Olivier sempre foi membro de nossa família e um colega amado”, acrescentou. O falecimento ocorreu na quarta-feira.

A famosa aventura circense hoje mundialmente conhecida começou nos anos 80 com a companhia Les Échassiers de Baie-Saint-Paul (Os mosquitos de Baie-Saint-Paul), um grupo de teatro de rua fundado por Gilles Ste-Croix, que acabaria criando o Cirque du Soleil com Guy Laliberté.

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS