Coluna
i

Questões que deveriam cair no Enem

Responda e comente à vontade algumas das questões nacionais de suma importância para um exame de consciência

Da esquerda para a direita: Moreira Franco, Michel Temer e José Serra, nesta terça em Brasília.
Da esquerda para a direita: Moreira Franco, Michel Temer e José Serra, nesta terça em Brasília.FERNANDO BIZERRA JR. (EFE)

“SQN”, só que não, como diz essa gente jovem reunida. Não deixam de ser, todavia, questões nacionais de suma importância para um exame de consciência. Responda e comente à vontade nas redes sociais do EL PAÍS BRASIL. Vale tudo: colar, pescar, conferir no tio Google, xingar este cronista versado na pedagogia da Patafísica (vide na terceira pergunta deste questionário), só não vale deixar esta prova de Enem em branco. Chegou a hora desta gente bronzeada mostrar seu valor:

MAIS INFORMAÇÕES

1) Que assunto mereceu mais consideração do ministro da Educação do governo Temer até o momento:

a ( ) O projeto “Escola sem partido”, pauta de audiência especial com o ator Alexandre Frota em Brasília.

b ( ) Ouvir e debater sobre o plano do ensino médio com os estudantes que ocupam escolas contra a PEC 241 em todo o país.

c ( ) O episódio dos alunos algemados e tratados como bandidos nas ocupações.

d ( ) NDA, nenhuma das anteriores.

2) Quais foram as técnicas de tortura recomendadas por um juiz de Brasília para minar a força dos estudantes nas ocupações das escolas:

a ( ) Cortes de água, luz, gás e privação de sono por meio de barulho produzido pela PM.

b) ( ) Um sarau apenas com poemas dos livros “Anônima Intimidade”, antologia do presidente Michel Temer, e “Marimbondos de Fogo”, obra do acadêmico imortal José Sarney.

c) ( ) Um bate-papo descontraído com Kim Kataguiri, líder do MBL, linha auxiliar do governo.

d) ( ) Todas as anteriores.

3) A Patafísica, criação genial do dramaturgo e ciclista pioneiro Alfred Jarry, corresponde a:

a ( ) Possibilidade de ter havido a prática de “caixa 2” por parte de quem pagou o pato da Fiesp, ave-símbolo da campanha contra a corrupção.

b ( ) A Patafísica é a ciência das soluções imaginárias e das leis que regulam as exceções.

c ( ) Trata-se de um impeachment em busca de um crime de responsabilidade, como no teatro de Pirandello.

d ( ) Todas as opções anteriores.

4) Como você resumiria a PEC 241 do governo Temer:

a) Conjunto de medidas salvadoras que levará a classe operária ao paraíso.

b) Tão romântica e poética que também pode ser chamada de a “Lira dos vinte anos”, homenagem à obra homônima de Álvares de Azevedo.

c) Está mais para “Vidas Secas” (Graciliano Ramos).

d) Um arrochinho econômico de nada. O que são cinco Copas do Mundo? Passa já, você nem sente no bolso.

5) Qual das frases com mesóclise foi dita por Michel Temer para tratar dos rumos e tormentas da economia.

a ( ) Fi-lo porque qui-lo.

B ( ) Procurarei não errar, mas, se o fizer, consertá-lo-ei.

c) ( ) Bebo porque líquido, se sólido, comê-lo-ia.

d) ( ) Ter-te-ei esta noite, não é verdade, Terta?

Mais um dedinho de prosa

O macho é antes de tudo um frouxo. Foge de um médico como um vampiro corre da luz do dia. Quando se trata do exame do toque, vade retro, tenta escapar por uma vida inteira. Como se um simples dedo de prosa com o urologista fosse comprometer a masculinidade. Essa macheza toda, em muitas ocasiões, o impede de detectar a tempo de cura o câncer de próstata, o segundo mais fatal entre os brasileiros –fica atrás apenas do câncer de pulmão.

Daí a campanha do “Novembro Azul” para alertar os marmanjos sobre o perigo. Seja homem, amigo, encare com galhardia a dedada profilática. Dura segundos. Se dói? Relaxa que nem sentirá o cuidadoso gesto. Esquece as piadas de salão sobre o delicado tema. Vai por mim, é o fio-terra mais compensador da pobre existência. Vale uma vida. Vale o alívio. Não vejo a hora de voltar ao consultório, como reza a anedota. Bom exame.

Xico Sá, escritor e jornalista, é autor de “Big Jato” (Companhia das Letras), entre outros livros. Na televisão, participa dos programas “Papo de Segunda” (GNT) e “Redação Sportv”.