Debate presidencial dos EUA: Trump evita dizer que reconhecerá resultados

EL PAÍS transmitiu em tempo real o último embate entre Hillary Clinton e o republicano

Hillary e Clinton em Las Vegas.
Hillary e Clinton em Las Vegas.MIKE BLAKE

Donald Trump e Hillary Clinton se enfrentaram no último debate da campanha presidencial dos Estados Unidos na noite desta quarta-feira em Las Vegas. Será o último debate televisivo entre a candidata democrata, considerada favorita, e o candidato republicano antes da votação prevista para o o começo de novembro. No embate televisivo, Trump tentou se mostrar mais moderado do que nos dois debates anteriores, mas surpreendeu ao evitar se comprometer a reconhecer os resultados da votação. Hillary Clinton exibiu um visual presidencial - com um conjunto branco -, mas teve momentos constrangedores ao ter que responder sobre revelações vazadas pelo WikiLeaks. Veja momentos do debate nos comentários em tempo real do El PAÍS.

Tom C Avendano
Flávia Marreiro
Eles nem se cumprimentaram, nem sequer se olharam, num sinal dos ânimos da campanha americana
Flávia Marreiro
É o fim do debate. Os candidatos cumprimentam seus convidados
Flávia Marreiro
Do correspondente Joan Faus:

Clinton diz que Trump sempre se queixa do mesmo e que nos anos oitenta publicou um anúncio no The New York Times contra a política do presidente republicano Ronald Reagan. Busca afastá-lo de Reagan, ícone da direita

Tom C Avendano
Trump lembra que ele vai recuperar o emprego perdido no estrangeiro. Um lembrete de que ele tem pessoal em 12 países https://www.washingtonpost.com/news/fact-checker/wp/2016/08/26/how-many-trump-products-were-made-overseas-heres-the-complete-list/
Flávia Marreiro
Da correspondente Silvia Ayuso: Ainda que tenha lançado alguns ataques, inclusive duros, Trump está conseguindo pela primeira vez não perder as estribeiras em um debate. Parece até ter aprendido a lidar com as armadilhas que vão aparecendo
Flávia Marreiro
Agora vira uma quase gritaria, com Hillary e Trump falando um sobre o outro a respeito da situação do Iraque. "O Irã está tomando o controle do Iraque", diz Trump. "É assim que Trump pensa, ele gosta de conspiração", diz a democrata
Flávia Marreiro
Da correspondente Silvia Ayuso:

Trump se nega a prometer que respeitará os resultados

Trump está há dias insistindo que as eleições estão "manipuladas". Ante una pergunta direta do moderador, evito dar uma resposta afirmativa. "Vou ver quando chegar o momento".

Tom C Avendano
Clinton parou para Trump com uma frase muito meticulosA: "Estou muito satisfeita de comparar minha experiência com ele"
Flávia Marreiro
Hillary Clinton se defende, dizendo que a fundação vai seguir ajudando o Haiti, promovendo pequenos empreendimentos, por exemplo. Há, de fato, um debate sobre o papel de ONGs e outras organizações do terceiro setor no Haiti
Flávia Marreiro
Trump acusa a Fundação Clinton de enganar o povo do Haiti e exorta os controladores a devolver dinheiro de doadores controversos como Arábia Saudita
Tom C Avendano
Flávia Marreiro
Ninguém melhor que Michelle Obama rebateu Trump nos últimos dias. Veja a reportagem: http://brasil.elpais.com/brasil/2016/10/13/internacional/1476386216_787223.html
Flávia Marreiro
"É tudo ficção", diz Trump, que acusa as mulheres que descreveram seus supostos atos inapropriados de buscar "minutos de fama"
Flávia Marreiro
Agora vai esquentar, o mediador toca no tema das acusações de assédio contra Trump que povoaram o noticiário nos últimos dias
Flávia Marreiro
Hillary toma a deixa de Trump e começa a falar de sua experiência e como está há 30 anos na vida pública dos EUA para rebater as acusações do republicano de que causou prejuízo ao erário americano enquanto secretária de Estado
Tom C Avendano
Trump ameaça acabar com o Acordo Norte-Americano de Livre Comércio (NAFTA), "o pior acordo assinado por qualquer pessoa na história." Na verdade, os quase todos estudiosos sérios acreditam que o Nafta tem sido bom para a criação de emprego https://www.usitc.gov/publications/332/ec201312a.pdf
Tom C Avendano
Clinton critica o plano de Trump porque "custaria 3,5 milhões de empregos". Ela está citando esse relatório de Moody's https://www.economy.com/mark-zandi/documents/2016-06-17-Trumps-Economic-Policies.pdf
Tom C Avendano
Tom C Avendano
Trump acusa Clinton de querer introduzir inimigos no país. Ela estreia seu sorriso, só agora no terceiro e último debate
Transmisión especial de EL PAÍS sobre el último debate en EE UU

Sigue en directo el tercer y último debate entre Hillary Clinton y Donald Trump para las elecciones presidenciales de EE UU y el programa de análisis de EL PAÍS con expertos en política estadounidense

Posted by El País on Wednesday, October 19, 2016

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS