Eduardo Cunha perde o mandato na Câmara por 450 votos a apenas 10

Sessão analisou pedido de cassação feito pelo Conselho de Ética

O deputado afastado Eduardo Cunha.
O deputado afastado Eduardo Cunha.Marcelo Camargo/ Agência Brasil

O destino de Eduardo Cunha foi decidido na noite desta segunda-feira após meses de protelação. A Câmara dos Deputados cassou, por 450 votos a 10 (e 9 abstenções), o mandato do acusado de mentir à CPI da Petrobras ao dizer que não tinha contas no exterior. Eduardo Cunha era alvo de dois processos no Supremo Tribunal Federal (STF) por suposta ligação com o esquema de corrupção na Petrobras — sem foro privilegiado, passará a responder pelas acusações na primeira instância — e já estava afastado do cargo desde maio, por decisão da mesma corte. O deputado nega as acusações, que envolvem também sua mulher, Cláudia Cruz, e a filha Danielle. 

Confira abaixou como transcorreu a sessão: