CINEMA

20 filmes olímpicos para se despedir da Rio 2016

Docs, dramas e comédias sobre os Jogos e grandes atletas ajudam a manter a emoção do esporte

Stephan James interpreta o atleta Jesse Owens em 'Raça', filme de 2016.
Stephan James interpreta o atleta Jesse Owens em 'Raça', filme de 2016.

MAIS INFORMAÇÕES

Uma opção é se refugiar no cinema, revivendo as emoções de Jogos e heróis do passado. É verdade que a Sétima Arte não fez jus ao espírito olímpico em toda a sua complexidade, e são na realidade poucos os filmes sobre o tema, sobretudo considerando que a história das Olimpíadas remonta à Antiguidade. Ainda assim, há opções para todos os gostos. De Olympia, documentário feito por Leni Riefenstahl para propagandear os Jogos Olímpicos de 1936 na Berlim nazista, a Raça, drama baseado na história do legendário atleta Jesse Owens lançado este ano, passando por uma cinebiografia da ginasta Nadia Comaneci, desfrute a seleção de 20 filmes olímpicos do EL PAÍS.

'Olympia', de Leni Riefenstahl (1938)

Esse documentário alemão feito pela cineasta que colaborava com o nazismo é o primeiro feito sobre uma Olimpíada. Muitas técnicas de cinema que eram avançadas para a época foram usadas no filme, que retrata o lendário atleta afro-americano Jesse Owens ganhando uma medalha de ouro e sendo observado por Hitler.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

'Jim Thorpe, o homem de bronze', de Michael Curtiz (1951)

O triunfo e a tragédia de Jim Thorpe, um atleta norte-americano descendente de índios que teve suas medalhas cassadas em uma Olimpíada por uma questão técnica, são tema desse drama sobre esporte e preconceito.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

'Visions of eight', de Miloš Forman, Claude Lelouch, Yuri Ozerov, Mai Zetterling, Kon Ichikawa, John Schlesinger, Arthur Penn e Michael Pfleghar (1973)

Esse documentário exibido pela primeira vez no Festival de Cannes, em 1973, reúne as visões de oito cineastas sobre diferentes aspectos da Olimpíada de 1972 em Munique – cujo esplendor esportivo foi superado por um massacre terrorista que resultou na morte de mais de 10 pessoas, entre atletas, treinadores e um oficial da polícia.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

‘Carruagens de fogo’, de Hugh Hudson (1981)

Esse drama britânico é um clássico do cinema sobre Olimpíadas, especialmente porque a música tema do filme tornou-se o hino oficial de todas as maratonas e maratonistas ao redor do mundo. Mostra a preparação da equipe olímpica de atletismo da Grã-Bretanha para os Jogos Olímpicos de 1924, em Paris.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

'As parceiras', de Robert Towne (1982)

Duas atletas de corrida se preparam para os Jogos Olímpicos com o mesmo treinador, todos confusos em meio a um triângulo amoroso que se estabelece. O filme se tornou famoso por retratar uma relação entre duas mulheres esportistas.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

‘Nadia’, de Alan Cooke (1984)

Essa cinebiografia dá conta da complexa história da ginasta romena Nadia Comăneci, a a primeira a receber uma nota dez (desempenho perfeito) em um evento olímpico de ginástica artística. Nadia teve sua vida marcada pela pressão das competições e a carreira ameaçada por seu ganho de peso e uma lesão sofrida na mão.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

‘Jamaica abaixo de zero’, de Jon Turteltaub (1993)

Essa comédia estadunidense gira ao redor da primeira participação da Jamaica, país de clima quente, em jogos olímpicos de inverno. O divertido enredo, apesar de ficcional, é inspirado no fato real de que dois esportistas americanos de bobsleigh pensaram em recrutar atletas jamaicanos, famosos por seu talento para a velocidade, porém avessos às baixas temperaturas, para atuar nessa modalidade de inverno.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

‘Prefontaine’, um nome sem limites, de Steve James (1997)

Steve Roland Prefontaine, o famoso atleta norte-americano de corridas de longa distância, é vivido neste filme pelo ator Jared Leto – ganhador de um Oscar em 2014 e conhecido pelo seu estilo camaleônico. Prefontaine foi medalha de ouro nos Jogos Pan-Americanos de Cáli, em 1971, e buscava a vitória nos Jogos Olímpicos de 1972, em Munique, mas uma tragédia interrompeu sua carreira.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

‘Prova de fogo’, de Robert Towne (1998)

Esse drama do diretor de Missão Impossível é mais um filme a retratar a espetacular e trágica carreira do corredor norte-americano Steve Prefontaine. Parte dos tempos do atleta como estudante em Oregon e chega à sua trágica morte, aos 24 anos, em decorrência de um acidente de carro.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

‘Munique, 1972: um dia em setembro’, de Kevin Macdonald (1999)

A Olimpíada de Munique, que entrou para história por causa de um mortal ataque terrorista provocado por oito palestinos que invadiram as acomodações de atletas israelenses, é o tema desse documentário que explica todo o ocorrido.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

‘Munique’, de Steven Spielberg (2005)

Munique em 1972 também serviu de tema para esse filme que escapa um pouco à curva de Spielberg (E.T., A lista de Schindler) pela sobriedade. O diretor, que desagradou muitos israelenses e árabes com esse trabalho, escolheu como ponto de vista da história a retaliação do Governo israelense ao ataque terrorista do grupo palestino Setembro Negro.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

'Filhos da revolução', de Krisztina Goda (2006)

Esse drama húngaro apresenta ao público a Revolução Antisoviética de 1956 na Hungria, uma das revoltas mais populares e dramáticas do século XX, ao mesmo tempo em que retrata a Olimpíada que aconteceu em Melbourne neste ano. Um dos acontecimentos trágicos da ocasião foi o conturbado jogo de polo entre Hungria e União Soviética que ficou conhecido como “banho sangrento”.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

'Asterix nos Jogos Olímpicos', de Frédéric Forestier e Thomas Langmann (2008)

Nesse que é o terceiro filme de imagem real de Asterix, os gauleses decidem participar dos Jogos Olímpicos, evento exclusivo à participação de gregos e romanos. Chegando-se à conclusão que a Gália é parte do Império Romano, os divertidos atletas passam a competir – até que surge a suspeita de estarem utilizando uma poção mágica.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

'B1 - Tenório em Pequim', de Felipe Braga e Eduardo Hunter Moura (2010)

O judoca paulista Antônio Tenório, um dos poucos no mundo a competir tanto em campeonatos paraolímpicos quanto regulares, se prepara para disputar uma quarta medalha de ouro em Pequim nesse documentário dirigido por uma dupla de brasileiros.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

'The other dream team', de Marius A. Markevicius (2012)

Esse documentário mostra a seleção nacional de basquete da Lituânia em sua trajetória rumo à Olimpíada de Barcelona, em 1992. A queda da União Soviética em 1991 possibilitou que o país restabelecesse sua independência, após 50 anos de opressão soviética, e competisse pela primeira vez em seu nome.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

'Jappeloup', de Christian Duguay (2013)

Um advogado na França dos anos 80 decide abandonar a profissão para se dedicar à sua paixão esportiva: o salto com obstáculos. Treina com um pequeno cavalo, Jappeloup, ridicularizado por todos, mas que cresce junto com ele a cada competição. No entanto, o sonho olímpico do atleta não se concretiza nos Jogos de Los Angeles, e ele passa a se dedicar mais para ganhar em Seul.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

'Ouro, suor e lágrimas', de Helena Sroulevich (2014)

Esse documentário brasileiro retrata o vôlei, a segunda paixão esportiva nacional, desvendando os segredos da década (2001-2012) em que os atletas do país mais colecionaram vitórias nas seleções masculina e feminina.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

'Foxcatcher: uma história que chocou o mundo', de Bennett Miller (2014)

A Dinastia du Pont, uma das famílias mais abastadas do mundo, chocou os Estados Unidos ao se envolver com um assassinato em 1988. Um herdeiro dessa fortuna familiar, apaixonado por luta greco-romana, cria em sua mansão um centro de treinamento para atletas olímpicos e convida o decadente Mark Schulz para viver com ele. Uma história de roces que questiona afinal se, no esporte, os fins justificam os meios.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

'Raça', de Stephen Hopkins (2016)

Lançado às portas da presente Olimpíada do Rio, esse é um drama baseado na verdadeira história do legendário Jesse Owens, atleta negro que brilhou na Olimpíada de 1936, em Berlim, sob o olhar de supremacia ariana de Adolf Hitler. Além das dificuldades e dos desafios do esporte, Owens enfrentou um adversário ainda mais duro: o racismo.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

'Paratodos', de Marcelo Mesquita (2016)

O esporte paraolímpico, que coloca a superação muito acima do heroísmo nas competições, é o universo explorado por esse documentário brasileiro lançado em 2016, pouco antes do início da Rio 2016. Ele investiga os bastidores do esporte de alta performance e discute a inclusão da pessoa com deficiência na sociedade.

Salvar

Salvar

Salvar

Salvar

Arquivado Em: