Jogos Olímpicos

Judô rendeu três das quatro medalhas do Brasil na Rio 2016

Apesar de não fazer frente às altas expectativas, modalidade se destaca na primeira semana dos Jogos

Rafael Silva com seu bronze.
Rafael Silva com seu bronze.MURAD SEZER (REUTERS)

Primeiro veio Rafaela Silva, com o ouro. Depois, Mayra Aguiar, com um bronze, a mesma medalha ganha por Rafael Silva nesta sexta-feira. O judô fecha a primeira semana dos Jogos Olímpicos do Rio como o grande destaque do Time Brasil, mesmo sem proporcionar a quantidade de medalhas que se esperava. A Confederação Brasileira de Judô havia projetado uma participação melhor do que a da Olimpíada de Londres, quatro anos atrás, mas o número de medalhas foi o mesmo.

A quarta medalha brasileira veio do tiro esportivo, com Felipe Wu. E o Brasil já tem pelo menos uma quinta premiação garantida. O boxeador Robson Conceição venceu e avançou à semifinal da categoria leve, o que lhe assegura ao menos um bronze. Outro destaque desta sexta-feira é o início das provas de atletismo, modalidade olímpica disputada desde Atenas 1896.

O dia foi ainda de classificação do futebol feminino para a semifinal após partida tensa contra a Austrália. A equipe de polo aquático masculina também se classificou para as quartas-de-final apesar de derrota para a Grécia, a primeira no torneio. A equipe brasileira de handebol feminino também garantiu vaga para as finais. Já no tênis, Thomaz Bellucci perdeu para o espanhol Rafael Nadal. O Brasil também não avançou na disputa por grupos no tênis de mesa.

Neste sábado, a expectativa é para a partida entre Brasil e Colômbia pelo torneio masculino de futebol. Duas duplas de vôlei de praia masculina do Brasil também estreiam na fase eliminatória da modalidade. Confira a programação.

Arquivado Em: