Análise e ironia no Twitter sobre o ‘Brexit’

Confira alguns dos 72 milhões de tuítes publicados nas últimas horas

A primeira coisa que milhões de europeus fizeram logo após acordar nesta sexta-feira foi checar o celular para ver o resultado do referendo sobre o Brexit (a saída do Reino Unido da União Europeia). E a segunda foi tuitear a respeito. Às 9h em Londres (5h em Brasília), a ferramenta Twitter Curator contabilizava 72 milhões de mensagens nas 24 horas prévias com o hashtag #Brexit. Entre elas, análises políticas, gráficos, reflexões e muito humor.

Humor e ironia

Como direi a eles?

Suficiente diversão para uma noite.

Novo milagre econômico de Rajoy. Ontem fomos dormir sendo a 4a economia da UE e hoje acordamos sendo a 3a

Ficamos sem lenços de papel. Imagino que poderemos usar estes

Se fico na cama, talvez passará.

Com o #Brexit e o caminho que a disputa presidencial nos EUA está seguindo... Podemos fazer um mulligan (repetir o golpe inicial) de 2016?

Cameron vai embora. O primeiro exemplo do aumento do desemprego após o #Brexit.

Então o Reino Unido está fora. Cameron renuncia, a Escócia quer deixar o Reino Unido, o Sinn Fein pretende unificar a Irlanda e são só 9:30 #Brexit

Po, trocaram David Cameron por um gato.

Imagens ao vivo do túnel do canal.

Invade 90% do mundo e reclama dos imigrantes.

As piadas com referências culinárias mereceriam um capítulo à parte

O #Brexit do ponto de vista culinário.

Gráficos

Não sou economista. Isso é bom, certo?

100 por cento de alta nas buscas por “obter passaporte irlandês” no Reino Unido depois do #Brexit.

Também houve análises políticas e reflexões muito compartilhadas.

“Conseguimos isso sem que um só tiro fosse disparado” – Nigel Farage, esquecendo que uma deputada foi assassinada por causa do #Brexit.

Se você votou no Brexit e tem economias, elas valem 31 por cento a menos hoje.

Os britânicos continuam sua estúpida espiral para baixo. Colaboradores da guerra do Iraque, trens privatizados vagabundos, adotam o sistema dos EUA de dúvida educacional e agora o Brexit.

Os rumores começaram: #Brexit pode ser seguido por Grexit, Departugal, Italeave, Czechout, Oustria, Finish, Slovakout, Latervia e Byegium.

65 milhões de refugiados, metade deles crianças. Será que, em vez de brigarmos, não deveríamos estar trabalhando de mãos dadas? #Brexit.

Farage frisa que é uma “vitória das pessoas comuns, das pessoas decentes”. ‘Remainers’, vocês são extraordinariamente indecentes.

O mais visto em ...Top 50