Impeachment Dilma Rousseff

George Hilton deixa o Ministério do Esporte

Em nota divulgada nesta quarta, Dilma informou que o ministro deixou o cargo "a pedido"

Ex-ministro do Esporte, George Hilton.
Ex-ministro do Esporte, George Hilton.Zeca Ribeiro / Câmara dos Deputados

Em nota divulgada nesta quarta-feira, a presidenta Dilma informou que o ministro do Esporte, George Hilton (PROS), deixou o cargo "a pedido". Em seu lugar assumirá interinamente Ricardo Leyser (PC do B), que foi secretário-executivo da pasta até outubro do ano passado e é secretário do Esporte de Alto Rendimento.

Hilton estava no cargo desde janeiro do ano passado, no início do segundo mandato de Dilma, quando substituiu Aldo Rebelo (PC do B). Nas últimas semanas, o agora ex-ministro se rebelou contra a decisão do PRB de abandonar o Governo e rompeu com a legenda. Como retaliação, o partido teria pedido sua cabeça em troca de adotar uma postura independente na votação do impeachment. Ligado à Igreja Universal, dona da Rede Record, o PRB tem 21 deputados. Hilton foi o único ministro até agora a trocar de partido para continuar no cargo, mas ainda assim acabou perdendo o posto.

Veja abaixo o comunicado de Dilma na íntegra:

"Nota à Imprensa

A presidenta da República, Dilma Rousseff, informa que o ministro de Estado George Hilton deixará, a pedido, o Ministério do Esporte.

Assumirá em seu lugar como ministro interino o sr. Ricardo Leyser Gonçalves, ex-secretário executivo e atual secretário nacional de Esporte de Alto rendimento do Ministério.

A presidenta da República agradece o ministro George Hilton pelo seu trabalho e dedicação.

Secretaria de Imprensa

Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República"