Seleccione Edição
Login

PMDB rompe com o Governo Dilma

Maior partido do Congresso deixa de apoiar Planalto, movimento crucial para impeachment

Acompanhe as últimas notícias da crise política brasileira

PMDB rompe com governo Dilma, movimento crucial para impeachment
Eduardo Cunha, Romero Juca e Eliseu Padilha, na convenção do PMDB. AFP

O PMDB, maior partido do Congresso e aliado, até agora, do Governo Dilma Rousseff anunciou em uma sessão relâmpago na terça-feira, no Congresso, o rompimento com o Planalto, após anos de aliança que vinha desde a gestão Lula. A saída, costurada pelo vice-presidente Michel Temer, é considerado um movimento crucial a favor do processo do impeachment da presidenta. A tendência é que outras siglas deixem o Governo acompanhando o desembarque. Dilma Rousseff e aliados, como o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, dizem que é possível manter Governo apenas com peemedebistas dissidentes. Acompanhe as últimas notícias da crise política.

MAIS INFORMAÇÕES