Chefe de campanha de Donald Trump é acusado de agredir uma jornalista

Acusado de torcer o braço de uma repórter, Corey Lewandowski terá de responder à Justiça em maio

Corey Lewandowski com Trump, no último dia 15.
Corey Lewandowski com Trump, no último dia 15.Gerald Herbert (AP)
Mais informações
Também há famosos que apoiam Donald Trump
Na mesma trilha de Trump, Bolsonaro capitaliza ira social
O apogeu de Trump expõe o racha político e social dos EUA

Corey Lewandowski, chefe de campanha do principal candidato republicano à presidência dos Estados Unidos, Donald Trump, foi acusado de cometer uma agressão leve a uma jornalista, durante um evento da campanha na Flórida, em março. O braço-direito do magnata republicano se apresentou nesta terça-feira voluntariamente à polícia, em uma delegacia na Flórida, e agora deverá se defender da acusação, à qual ele nega, formalmente diante de um juiz no dia 4 de maio.

Lewandowski é acusado de ter causado “intencionalmente” hematomas e arranhões no braço da repórter Michelle Fields, de 28 anos, que trabalha para o canal de notícias Breitbart. Donald Trump divulgou nota em que defende a “absoluta inocência” do seu chefe de campanha, embora já circulem nas redes sociais um vídeo que mostra o o coordenador da campanha puxando a repórter pelo braço.

Os fatos ocorreram num ato de campanha do republicano realizado no último dia 8, quando a jornalista tentava fazer uma pergunta ao candidato conservador. O boletim de ocorrência policial relata que Lewandowski, de 42 anos, agarrou com sua mão direita o braço esquerdo de Fields, o torceu e a fez sair do lugar que ocupava.

Fields também divulgou em seu Twitter uma foto dos hematomas em seu braço, supostamente causados pelo coordenador da campanha de Trump.

O chefe de campanha de Trump contratou para sua defesa um advogado de Palm Beach, segundo a rede de televisão CNBC. Lewandowski deve apresentar ao tribunal uma declaração de inocência, e Trump se mostrou completamente crédulo de que seu assessor será completamente inocentado de todas as acusações.

Regras

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS