revista de verão

O fim do horário de verão vai dar hora extra no bar com a cerveja (quase) grátis

À 0h deste domingo termina o horário de verão de 2016. Pra quem gosta e pra quem não gosta da mudança, deixamos dicas e razões para aproveitar a hora extra

O fim do horário de verão poder ser comemorado no bar
O fim do horário de verão poder ser comemorado no barMarcos Santos (USP Imagens)

Mais informações

Tem gente que odeia. Eu adoro. Não o fim do horário de verão, mas o horário de verão em si.

Dias longos, finais de tarde tranquilos e mais tempo de vida. Saio do escritório, pego a bicicleta, chego em casa ainda de bom humor para brincar com o filho, tomo uma cerveja, cozinho.

Mas todo horário de verão tem seu fim e à 0h deste domingo devemos atrasar os relógios em uma hora e viajar no tempo. Durante estes quatro meses o país economizou 162 bilhões reais, segundo o presidente do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS). Em épocas de ajuste fiscal, cortes no orçamento e volta da CPMF, o valor não é nada desprezível.

Mas falando do mundo real, pensemos: o que fazer com esta hora extra que ganharemos este fim de semana? Refletindo, eu tive uma ideia: gastar sem culpa tudo o que eu economizei ajustando o chuveiro elétrico para "2", em vez de "3 ou 4", mantendo as luzes de casa apagadas durante mais tempo e vivendo à luz de velas e sem internet naquelas tardes todas em que a energia caiu no meu apartamento ao longo das chuvas de verão da capital paulistana.

E gastar aonde? No melhor lugar do mundo, claro. Esta noite tem bar aberto pra gente beber durante uma hora a mais, dando razão para estender o expediente fazendo hora extra no lugar onde a maioria de nós, durante horário laboral, gostaria de estar: o balcão daquele boteco favorito. Seja com os boêmios do bairro, com os amigos de toda a vida, ou com o cônjuge e cúmplice. Se a cada mês do famigerado horário de verão eu economizei 20 reais de luz, tenho 80 contos extras para beber. E melhor bebê-los do que deixá-los morrendo na poupança que não me paga nem uma cerveja barata por mês como rendimento.

Então, que não haja drama. Pra quem gosta do horário de verão e se apena com o seu fim, podemos tomar mais de uma gelada com o dinheiro economizado no banho frio. E ainda comemoramos a proximidade do fim do calorão que não nos deixa dormir sem ar condicionado e dos bêbados no bar da frente do prédio – que não nos deixam abrir as janelas de noite. Pra quem não gosta da mudança, aproveite. Não é todo dia que podemos fazer hora extra com o que a gente mais gosta: bebendo cerveja (quase) grátis durante uma hora a mais.