Esportes

Toda a verdade sobre o 'crossfit' e seus oito exercícios milagrosos

Por que este esporte vicia? É realmente tão eficaz? Quais são os movimentos mais importantes?

Exercícios de atletismo, ginástica e halterofilia compõem a base deste esporte.
Exercícios de atletismo, ginástica e halterofilia compõem a base deste esporte.

Claro que você já ouviu falar antes do crossfit. Talvez conheça um colega de trabalho ou parente que o pratique e conte o efeito milagroso deste novo programa de fitness que mudou a geografia do corpo, a vontade de comer, de se relacionar, de superar a si mesmo e até de falar. Se você é uma pessoa ponderada e, antes de dar o passo para entrar em um novo clube, como o dos crossfiteiros, prefere investigar artigos publicados sobre o assunto para fundamentar suas intenções, vamos contar, por exemplo, que sim, que seus conhecidos têm razão: em poucos meses, seu corpo dificilmente passará por uma experiência de transformação comparável à de outros programas de fitness.

MAIS INFORMAÇÕES

"Fui testemunha de mudanças espetaculares em questão de dois ou três meses, mais típicas desses anúncios de cremes ou suplementos de emagrecimento que de qualquer outro programa de treinamento", diz Antonio J. Aguirre, formado em Ciências da Atividade Física e do Esporte e treinador do CrossFit SingularBox, em Madri. Aguirre teve o primeiro contato com o programa há cerca de seis anos. "Com o crossfit, percebi que o trabalho tradicional de academia que seguia há anos, exceto pelos efeitos estéticos, não acrescentou qualquer benefício real sobre minhas capacidades físicas em um nível funcional e muito menos sobre minha prática esportiva específica."

A resposta a que se refere Aguirre é mérito do norte-americano Greg Glassman, fundador da CrossFit e guru absoluto da prática. É o ideólogo de uma empresa de milhões de dólares, com escritórios em cinco continentes, que abriu seu primeiro box (como são chamadas as academias de crossfit) em 1995. Glassman, de 60 anos, percebeu que o halterofilismo só modificava os músculos, não as capacidades físicas, por isso acrescentou aos pesos um conjunto de exercícios funcionais de alta intensidade e variações que incluem diversos segmentos como o atletismo, a resistência ou a ginástica.

A técnica de treinamento usada por Glassman para colocar em forma policiais e bombeiros da Califórnia e, depois, militares, é baseada no WOD (sigla em inglês de Workout of the Day ou exercício do dia). Um WOD geralmente dura 45 minutos, o tempo dedicado para intercalar energicamente diferentes exercícios de aquecimento, força, técnica e potência. Um coquetel para os corajosos.

Toda a preparação do crossfit é supervisionada pelo coach (treinador), fundamental neste programa para que cada exercício seja feito corretamente, sem fazer movimentos bruscos e causar possíveis lesões e que, além disso, ostenta para os crossfiteiros um ar de guru afetivo. No crossfit, o sentimento de comunidade é fundamental.

"Este esporte surge de forma muito pequena, praticada por pequenos grupos de amigos, e que vai se desenvolvendo e expandindo através de algo intrinsecamente americano, como são os movimentos grassroots", diz Aguirre, que também é representante europeu da CrossFit Football e principal tradutor da CrossFit HQ para a Espanha. Depois de treinar em conjunto, esses amigos se reuniam em torno de uma churrasqueira e algumas cervejas, e aproveitavam para trocar ideias e opiniões. "Por isso esta disciplina é sinônimo de comunidade", destaca o treinador.

A força mental é fundamental no crossfit.
A força mental é fundamental no crossfit.

Os atrativos deste esporte, que alcançou 30.000 adeptos na Espanha — o segundo país europeu com mais seguidores depois da Inglaterra —, são fincados em uma organização empresarial de milhões de dólares que não dá chance ao azar. Atualmente existem cerca de 12.000 boxes em todo o mundo. Mas, para que um box possa fazer uso da marca crossfit e ter o direito de ser incluído no mapa internacional da rede de Glassman, é necessário pagar 3.000 dólares por ano (cerca de 10.800 reais) para a organização. Tudo extremamente controlado. Além registrar cada novo box aberto no mundo, Glassman montou um jornal (CrossFit Journal), uma fundação (CrossFit Kids Foundation) e os Reebok CrossFit Games, que têm sido realizados de forma contínua desde 2007.

O vencedor desses jogos olímpicos anuais recebe o título de "homem mais em forma do mundo". Ben Smith, o último vencedor do concurso realizado em julho passado em Carson (Los Angeles), resume sua experiência: "Ao longo dos anos, o crossfit me tornou mais forte tanto fisicamente quanto mentalmente do que jamais pensei que poderia estar".

Aos 25 anos, Smith treina cinco dias por semana e é capaz de levantar até oito vezes consecutivas 92 quilos com cada braço. "Me ajudou a criar um grupo de amigos incríveis, me inspirou a realmente entender a importância do exercício e da nutrição e me deu a possibilidade de ajudar outras pessoas a melhorar suas vidas", afirma este superman, que no café da manhã diário come cinco ovos mexidos e quatro pedaços de bacon e descansa menos de quatro dias por mês. Será que agora você será uma daquelas pessoas que irá aumentar a mais do que numerosa família de Glassman?

OS OITO MOVIMENTOS FUNDAMENTAIS

Agachamento segurando a barra. Os ombros são os protagonistas deste exercício onde a barra é segurada com força. As axilas são mantidas retas, para a frente, e respeitando o movimento de agachamento. Enquanto isso, tome cuidado com a região lombar, e os joelhos devem estar alinhados.

Empurrão com força. Os joelhos auxiliam no levantamento da barra, com os cotovelos ligeiramente contra a haste, que descansará no torso. É necessário manter os calcanhares para baixo até que o quadril e pernas se estendam, e sempre completar as extensões dos joelhos e braços.

Peso morto de Sumô com forte tração. Movimento rápido que consiste em levantar a barra do chão até a altura do peito. Os cotovelos permanecem voltados para fora, com as mãos juntas no centro da barra e os pés separados na altura dos ombros.

Empurrão rápido. Para completar este exercício é preciso, além de seguir todos os passos do anterior, acrescentar um rápido movimento de extensão do quadril e pernas para levantar a barra. Os pesos sempre devem ser levantados em um piso parcialmente elevado.

Agachamento frontal. A evolução do exercício anterior é coroada com uma fusão de levantamento de pesos com agachamento. É essencial manter sempre as mãos por fora dos ombros para evitar lesões.

Empurre de ombros. A barra é passada por cima da cabeça e as mãos são mantidas por fora, na altura dos ombros. A barra deve se mover bem no meio dos pés, enquanto o corpo e as pernas ficam estáticas.

Peso morto. O levantamento é feito do solo até a cintura, enquanto a curvatura da lombar é mantida e as mãos permanecem por fora dos ombros. Os quadris e os ombros se levantam ao mesmo tempo.

Bola medicinal. A bola é levantada em três etapas, nas quais deve estar entre os pés segurada pelas palmas das mãos. Desse ponto, a bola é levantada com o apoio das pernas para descansar na altura da cintura. Em seguida, dobramos os joelhos para ajudar a elevação.

MÉRITOS DO ‘CROSSFIT’

10. Este esporte é baseado no aumento de 10 habilidades físicas: resistência cardiorrespiratória e muscular, força, flexibilidade, potência, velocidade, coordenação, agilidade, equilíbrio e precisão.

261. São as calorias queimadas em uma sessão de 20 minutos.

900. O número de instrutores de primeiro nível (L-1) que trabalham em algum dos 240 boxes abertos na Espanha.

11.000. Número aproximado de atletas que participaram em 2015 dos Reebok CrossFit Games, nas etapas regionais e finais.

275.000. É o prêmio em dólares (987.000 reais) recebido pelo vencedor do concurso anual.

Arquivado Em: