Jornais espanhóis respondem às acusações do ‘The New York Times’

Associação de editores defende a “qualidade da liberdade de imprensa” no país europeu

Capa dos jornais espanhóis nesta quinta-feira.
Capa dos jornais espanhóis nesta quinta-feira.Claudio Álvarez

A Associação de Editores de Jornais Espanhóis (AEDE, na sigla em castelhano) respondeu nesta quinta-feira a uma reportagem de 5 de outubro do The New York Times intitulada “Imprensa da Espanha é esmagada pelo Governo e pela dívida”, que questionava a liberdade de imprensa no país europeu. O jornal norte-americano afirmava que “o setor enfrenta a uma tempestade perfeita: enormes dívidas e a firmeza do Governo conservador de Mariano Rajoy e do seu Partido Popular, que reage agressivamente às críticas”. Além disso, dizia que tais “pressões” despertam preocupações quanto à liberdade de expressão e sugeria que os jornais tradicionais, em outros tempos os mais influentes do país, teriam se tornado excessivamente dóceis.

Para a AEDE, o The New York Times traça “uma caricatura da realidade informativa” espanhola, onde os principais títulos vêm relevando “numerosos casos de corrupção política e empresarial”. Alguns, como os escândalos Gürtel e Púnica, estão diretamente relacionados ao partido do Governo. Os editores de imprensa espanhóis enfatizam que, apesar da dupla crise que afetou a imprensa (a econômica e a decorrente do novo ecossistema digital), a liberdade de imprensa não se viu afetada.

Mais informações

Em seu artigo, o The New York Times faz referência às dificuldades enfrentadas pelos meios de comunicação para se ajustarem à tecnologia digital e à diminuição da receita publicitária, acrescentando que existe uma inquietação pelo fato de os jornais espanhóis tradicionais terem “perdido sua independência em meio à crescente pressão financeira”.

A AEDE conclui sua nota afirmando o jornal norte-americano “não descreve a realidade” da imprensa e que seus integrantes consideram a reportagem “infeliz” e “repleta de convencionalismos não verificados”.

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: