Festas de São Firmino

Jovem de 19 anos denuncia que foi estuprada nas Festas de São Firmino

Homem a forçou a entrar em banheiro de bar e a agrediu, diz entidade

Mulher em Pamplona usam lenço "não ao estupro" após denúncia de violação durante as Festas de São Firmino.
Mulher em Pamplona usam lenço "não ao estupro" após denúncia de violação durante as Festas de São Firmino. Alvaro Barrientos (AP)

A Polícia Nacional investiga a denúncia apresentada por uma moça de 19 anos por uma suposta agressão sexual em um bar da Cidade Velha de Pamplona durante as Festas de São Firmino. Segundo sua versão, um homem a forçou a entrar em um banheiro de um bar e a agrediu na noite entre 9 e 10 de julho. De acordo com a Plataforma de Mulheres contra a Violência Sexista, que divulgou o caso, os amigos do agressor sabiam o que estava acontecendo, “permitiram isso e estavam rindo da situação”. Foram amigos da agredida que tiveram de entrar no banheiro e tirá-la de lá quando se deram conta de sua demora. A investigação policial ainda não resultou em detenções.

Mais informações

A Plataforma contra a Violência Sexista e o coletivo Gora Iruñea, que reúne grupos e coletivos da cidade, convocou uma manifestação nesta segunda-feira na Plaza del Ayuntamiento, à qual aderiu a Junta de Governo da Prefeitura de Pamplona. A entidade, que qualifica a agressão como de “alta intensidade” no seu protocolo, pediu também aos bares da cidade que interrompam a música da meia-noite desta segunda-feira, a penúltima noite da festa, à 0h30 de terça, como ato de repúdio à agressão.

Evitar s agressões sexistas durante as Festas de São Firmino era uma das prioridades para a equipe do Governo municipal, presidida por Joseba Asirón (coalizão EH Bildu). Para isso tinham estabelecido um protocolo de atuação especial por parte da Polícia Municipal, assim como um ponto de atenção contínua no centro da cidade para sensibilizar e receber possíveis denúncias.