Eleições Municipais na Espanha

A foto mais compartilhada da nova prefeita de Barcelona

Ada Colau, eleita neste domingo, há pouco tempo enfrentava as autoridades

Ada Colau durante um protesto em um banco.
Ada Colau durante um protesto em um banco.

Ada Colau, ativista contra os despejos imobiliários, venceu a eleição municipal de domingo em Barcelona como líder da plataforma cidadã Barcelona em Comum. As redes sociais recordaram que Colau, que chegou a ser detida por agentes durante seus protestos, agora se tornará a responsável pela polícia municipal da capital catalã. A foto que ilustra o fato é de julho de 2013, quando Colau e a Plataforma de Afetados pela Hipoteca pediam, numa agência do Banco Popular, a renegociação da hipoteca de um homem que não podia pagar sua dívida. Mas o agente que deteve Colau não pertencia à Guarda Urbana, a polícia municipal, e sim aos Mossos d’Esquadra, corporação subordinada à Generalitat (governo regional da Catalunha).

MAIS INFORMAÇÕES

A segunda foto mais compartilhada, na qual Colau aparece escoltada por dois agentes, foi escolhida pela BBC para ilustrar um perfil dela publicado em fevereiro de 2014, em que a ativista afirmava: “Não sou particularmente inteligente, não sou poderosa. Sou apenas uma pessoa normal, e isso é o que mais lhes preocupa. Isto é uma amostra de quanto poder os cidadãos comuns têm”.

Colau foi porta-voz da Plataforma de Afetados pela Hipoteca, organização que, além de organizar campanhas para tentar evitar despejos, oferecia assessoria jurídica aos mutuários inadimplentes. Como escreve Xavier Vidal-Folch no EL PAÍS, se um barcelonês for despejado e pedir ajuda à Prefeitura “será encaminhado para a PAH, ‘porque lá resolvem 90% dos casos’”.

Estas imagens recordaram as de Nikos Voutsis, ministro do Interior grego, que meses antes de chegar ao cargo aparecia em fotos como essa, que também viralizaram.

Arquivado Em: