Elena de Avalor

Disney apresenta sua primeira princesa de origem realmente latina

O novo membro da família chama-se Elena de Avalor, tem olhos grandes e pele morena

Imagem da princesa hispânica da Disney.
Imagem da princesa hispânica da Disney.Disney Channel

As princesas do universo Disney finalmente contam com uma hispânica em sua ampla família. Segundo anunciou a empresa conhecida por suas produções infantis animadas, o novo membro da família se chama Elena de Avalor, tem olhos grandes, pele morena e cabelo comprido e escuro. Além disso, vem de “um reino encantado de contos de fadas inspirado na diversidade da cultura hispânica e seu folclore”, afirma o anúncio da empresa.

Trata-se da segunda tentativa da Disney de diversificar seu reino de princesas incluindo esse personagem hispânico que falta em seu universo. Tentou há pouco mais de dois anos quando apresentou a nova série Princesinha Sofia com descrição de que a pequena menina caucasiana que nascia para a rede de televisão era de origem hispânica. No entanto, a Disney teve que pedir desculpas pela quantidade de críticas recebidas por causa da falta de identidade cultural e étnica da personagem com a maior minoria nos EUA, com a qual tentava aproximá-la.

Nesta ocasião, Elena é uma personagem um pouco maior e com uma família também hispânica que inclui seu avô Tito, sua avó Cici, seu conselheiro, o duque Esteban, e Mateo, um jovem aprendiz de mago. Segundo Nancy Kanter, diretora geral do canal Disney Junior onde estreará a nova princesa, esta nova série contará histórias “influenciadas pela cultura e as tradições das famílias hispânicas de todo o mundo” refletindo os interesses e aspirações de todas as crianças através dos contos de fadas.

MAIS INFORMAÇÕES

Ironicamente Elena de Avalor aparecerá pela primeira vez na tela como parte da série de Disney Junior, Princesinha Sofia, programa que, apesar das críticas iniciais, é um dos grandes sucessos da rede infantil.

Elena de Avalor se une a um amplo mundo de princesas pelo qual os estúdios Disney são conhecidos desde sua origem. Desde Branca de Neve e os Sete Anões, o primeiro longa-metragem do estúdio, até as mais recentes princesas de Frozen, o estúdio soube capturar a magia dos contos de fadas e a imaginação de várias gerações de meninas adaptando-se às mudanças de mentalidade de cada época com suas diferentes heroínas. Junto com princesas mais guerreiras ou mais dependentes de um príncipe, o estúdio diversificou as cores de suas heroínas das caucasianas Cinderela ou Aurora de A Bela Adormecida a essa Jasmine árabe de Aladim, a chinesa que dá título a Mulan ou a princesa negra Tiana de A Princesa e o Sapo.

A Disney também se preocupou em buscar uma princesa nativo-americana, Pocahontas, que colocou no centro de suas aventuras animadas. No entanto, até o momento, o universo Disney nunca havia contado com uma princesa hispânica apesar da concorrência cada vez maior neste campo graças a séries infantis de grande sucesso como Dora, a Aventureira, da rival Nickelodeon. De todos modos, o reino hispânico na Disney ainda não está à altura de suas companheiras de palácio. Enquanto todas as princesas antes mencionadas apareceram tanto na telinha da TV quanto na telona do cinema, por enquanto não há planos de que a princesa Elena de Avalor leve suas aventuras ao cinema.

Arquivado Em: