Reforma política

Reforma política: entenda o que pode mudar na eleição de 2018

Fundo de 3,6 bilhões de reais para campanhas, fim do voto proporcional, limitação de mandato de ministros de tribunais são algumas das alterações

Eleições 2018

Distritão, a pior reforma política possível segundo especialistas

Modelo proposto aumentaria fragmentação na Câmara e tornaria sistema menos representativo

Reforma eleitoral

Câmara decide se muda radicalmente forma de eleger deputados em 2018

Plenário prevê votar mudança no sistema eleitoral. Oposição diz ter 240 votos para barrar alteração

Tribuna

Transparência partidária e reforma política

Sem uma melhora na fiscalização dos recursos partidários, os riscos de corrupção seguirão estruturais

Reforma política

Por 2018, governistas e oposição se unem para aprovar fundo eleitoral bilionário

Três comissões da Câmara começam a votar reforma política. Coligações e distritão são temas

Coluna

Que tal destituir os políticos acusados de mentiras graves?

A cassação de mandato dos governantes que faltarem com a verdade poderia ser tema de um projeto de lei de autoria popular

Reforma Política no Brasil

Cunha sofre derrota na Câmara e não consegue aprovar sua reforma política

Presidente fez manobra nesta segunda-feira para aprovar a eleição por meio do 'distritão'

Política chilena

Chile reforma o sistema eleitoral herdado de Pinochet

Após 25 anos de democracia, Parlamento aprova lei que garante maior representatividade

Um país, dois sistemas: entenda as diferenças entre Hong Kong e China

Ex-colônia britânica tem língua, moeda, passaporte diferentes em relação ao resto do país

Análise

Essa China

Movimento Occupy Central mostra que a democracia também cria identidade e patriotismo

Manifestantes de Hong Kong se preparam para uma longa ocupação

Nesta terça-feira, Pequim deu seu apoio explícito ao Executivo regional diante dos protestos

Michael Reid | jornalista britânico

“As eleições no Brasil estão muito abertas e qualquer candidato pode ganhar”

O jornalista britânico da revista 'The Economist' sustenta que o país tem que fazer reformas "se quiser crescer mais de 2% ao ano"