Trump começa a preparar candidatura de 2024: “Vejo vocês em quatro anos”

Em ato com republicanos na Casa Branca, presidente insinua que voltará à linha de frente na próxima eleição presidencial

Donald Trump durante um comício no Arizona em 28 de outubro.
Donald Trump durante um comício no Arizona em 28 de outubro.TOM BRENNER / Reuters

Mais informações

Quando um presidente norte-americano vê seu tempo na Casa Branca se aproximar do final, começa a trabalhar no seu legado: criar uma fundação, abrir uma biblioteca, escrever memórias, esse tipo de coisa. Donald Trump parece estar decidido a romper também essa convenção e já aponta abertamente uma etapa pós-presidencial na linha de frente da luta política, com a possibilidade inclusive de voltar a disputar o cargo em 2024. “Foram quatro anos fabulosos, estamos tentando ter outros quatro anos. Se não for assim, vejo vocês em quatro anos”, disse na terça-feira à noite em uma festa de Natal antecipada com membros do Comitê Nacional Republicano, como mostra o vídeo do evento publicado no site Politico e corroborado pelo relato de vários presentes compartilhado com o canal Fox.

O encontro ocorreu horas depois de o secretário de Justiça, William Barr, impor o enésimo e mais duro revés até agora ao presidente em sua cruzada judicial contra a vitória eleitoral do democrata Joe Biden. Barr, importante aliado de Trump no Executivo, afirmou à agência Associated Press que o Departamento de Justiça não encontrou provas dessa fraude maciça que o republicano denuncia, ainda obstinado em não reconhecer que seu rival eleitoral foi eleito presidente. Entretanto, com a bandeira dessa batalha judicial contra uma suposta fraude generalizada, Trump arrecadou até agora cerca de 170 milhões de dólares, dos quais a maior parte acabou engrossando um comitê destinado a financiar suas futuras atividades políticas, sob o nome de Salvar a América.

É mais um sinal de que o magnata nova-iorquino não pensa em desaparecer do cenário político depois de 20 de janeiro, quando Biden assumirá o mandato. Ele quer manter mobilizados esses 74 milhões de pessoas que votaram nele. A possibilidade de uma nova candidatura de Trump em 2024 começou a ser mencionada pouco depois da votação de 3 de novembro, a partir de declarações de seu círculo, sob condição de anonimato. Também amigos e outras pessoas próximas à sua filha, Ivanka Trump, que desempenhou o cargo de assessora presidencial nestes quatro anos, afirmaram a diferentes veículos de comunicação que ela também cogita um voo próprio na política. Outros Trumps ―como Donald Júnior, o mais velho entre os homens, e Lara, esposa de seu filho Eric —já consideraram a possibilidade de se lançar a diversos cargos eletivos.

A declaração de terça à noite foi a primeira manifestação pública das futuras intenções de Trump, de quem, em todo caso, não se espera uma aposentadoria discreta em sua mansão de Mar-a-Lago, na Flórida. O perfil que ele adotar, mais ou menos influente, marcará o processo de transição a ser aberto no Partido Republicano para as próximas eleições, algo semelhante ao que o Partido Democrata viveu após sua derrota de 2016.

Mais informações

O mais visto em ...

Top 50