O adeus a Diego Maradona

Maradona, deus e demônio. Os eventos que marcaram os dois lados da vida do ídolo do futebol

Diego Armando Maradona, campeão mundial e herói argentino, combinou uma carreira esportiva de luzes com uma vida pessoal de sombras

Como diz Jorge Valdano, Maradona era Diego por um lado e Maradona por outro. O gênio do futebol de Villa Fiorito subiu ao céu e desceu ao inferno. Ele subiu novamente para cair novamente. Foi Deus e foi o diabo. Desde a estreia no Argentinos Juniors aos 16 anos até a morte nesta quarta-feira, 25 de novembro, Maradona criou um personagem inesquecível cheia de acertos e erros.

Como jogador

Estreia no Argentinos Juniors

aos 16 anos

1976

1977

Entra para o Boca Juniors, mas o técnico Menotti não o leva para o Mundial

1978

Argentina é campeã no Mundial juvenil , e Maradona é eleito melhor jogador do torneio

1979

1980

1981

No Mundial da Espanha é expulso após uma dura falta contra o brasileiro Batista

1982

Entra para o Barcelona por 7,2 milhões de euros

1983

Uma confusão na final da Copa do Rei da Espanha desencadeia sua saída do Barcelona

1984

Entra para o Napoli por 7,1 milhões de euros

1985

1986

É campeão do mundo. Marca um dos gols mais emblemáticos da história

1987

Primeiro scudetto’ (título nacional) na história do Napoli

1988

Napoli ganha a Copa da UEFA, seu primeiro título internacional

1989

1990

É vice-campeão do Mundial da Itália

Em março é punido por 15 meses por dar positivo para cocaína em um teste antidoping e em abril é detido na Argentina por posse de drogas.

É obrigado a passar por tratamento de reabilitação

1991

1992

Entra para o Sevilla por 4,5 milhões de euros

1993

1994

Durante sua suspenção, estreia como treinador pelo argentino Mandiyú e depois comandou o Racing de Avellaneda

Na Copa dos Estados Unidos é pego por doping. Fica suspenso por 15 meses. É sua última partida com a Argentina

1995

1996

Volta ao Boca Juniors

1997

É internado é uma clínica suíça para tratar de sua dependência de cocaína

Anuncia sua aposentadoria

1998

1999

Fazreabilitação em Cuba

2000

2001

2002

Após 13 anos de casamento, se divorcia de Claudia Villafañe

2003

Es Internado em Buenos Aires por uma “crise hipertensiva com quadro de doença cardíaca dilatada”

2004

Retorna ao Boca Juniors como diretor esportivo

Submetido a uma cirurgia de by-pass gástrico para controlar sua obesidade

2005

2006

Internado para tratar seu alcoolismo por uma “hepatite química, aguda e tóxica”

2007

Como treinador

Nomeado selecionador da Argentina

2008

2009

Seleção chega às quartas de final na Copa e Maradona põe fim a sua etapa como selecionador

2010

2011

Nomeado treinador e embaixador esportivo em clubes nos Emirados Árabes

2012

2013

É acusado de violência de gênero por sua companheira

2014

Processa sua ex-mulher por fraude e subtração de patrimônio

2015

2016

2017

Começa a treinar os Dorados de Sinaloa

2018

Contratado como treinador do Gimnasia de La Plata

2019

2020

Internado por “baixa anímica” e operado poucos dias depois de um edema cerebral. Semanas depois, morre de parada cardíaca

Como jogador

Entreia no Argentinos Juniors

aos 16 anos

1976

1977

Entra para o Boca Juniors, , mas o técnico Menotti não o leva para o Mundial

1978

Argentina é campeã no Mundial juvenil , e Maradona é eleito melhor jogador do torneio.

1979

1980

1981

No Mundial da Espanha, Maradona é expulso após uma dura falta contra o brasileiro Batista

1982

Entra para o Barcelona por 7,2 milhões de euros

1983

Uma confusão na final da Copa do Rei da Espanha desencadeia sua saída do Barcelona

1984

Entra para o Napoli Nápoles por 7,1 milhões de euros

1985

1986

É campeão do mundo. Marca um dos gols mais emblemáticos da história

1987

Primeiro scudetto (título nacional) na história do Napoli

1988

Napoli ganha a Copa da UEFA,, seu primeiro título internacional

1989

1990

É vice-campeão do Mundial da Itália

Em março é punido por 15 meses por dar positivo para cocaína em um teste antidoping.Em abril é detido na Argentina por porte de drogas.

É obrigado a passar por um tratamento de reabilitação

1991

1992

Entra para o Sevilla por 4,5 milhões de euros

1993

1994

Durante sua suspensão, estreia como treinador no argentino Mandiyú e depois comanda ol Racing de Avellaneda.

Após a segunda partida da Copa nos EUA é pego por antidoping. Fica suspenso por 15 meses. É sua última partida pela Argentina.

1995

1996

Vuelve a Boca Juniors

1997

É internado em uma clínica suíça para tratar sua dependência de cocaína

Anuncia sua aposentadoria

1998

1999

Faz reabilitação em Cuba.

2000

2001

2002

Divorcia-se de sua mulher Claudia Villafañe, com quem estava junto havia 13 anos.

2003

É internado em Buenos Aires por una “crise hipertensiva com quadro de doença cardíaca dilatada”.

2004

Retorna ao Boca Juniors como diretor esportivo

Submetido a uma cirurgia de by-pass gástrico para controlar sua obesidade.

2005

2006

Internado para tratar do alcoolismo devido a uma “hepatite química, aguda e tóxica”

2007

Como treinador

Nomeado selecionador da seleção argentina

2008

2009

Seleção chega às quartas-de-final no Mundial e Maradona encerra sua etapa como selecionador

2010

2011

Vira treinador e embaixador esportivo em clubes dos Emirados Árabes

2012

2013

É acusado de violência de gênero por sua companheira

2014

Processa sua ex-mulher por fraude e desvio de patrimônio

2015

2016

2017

Começa a treinar os Dorados de Sinaloa

2018

Vira treinador do Gimnasia de La Plata

2019

2020

Internada por “baixa anímica” e operado poucos dias depois por um edema cerebral. No fim do mê, morre de parada cardíaca

Como jogador

Estreia no Argentinos Juniors

aos 16 anos

1976

1977

Entra para o Boca Juniors, mas o técnico Menotti não o leva para o Mundial

1978

Argentina é campeã no Mundial juvenil e Maradona é eleito melhor jogador do torneio

1979

1980

1981

No Mundial da Espanha, é expulso por cometer uma dura falta contra o brasileiro Batista

1982

Entra para o Barcelona por 7,2 milhões de euros (45 milhões de reais hoje)

1983

Confusão na final da Copa do Rei da Espanha desencadeia sua saída do Barcelona

1984

Entra para o Napoli por 7,1 milhões de euros

1985

É campeão do mundo. Marca um dos gols mais emblemáticos da história

1986

1987

Primeiro scudetto (título nacional) na história do Napoli

1988

O Napoli ganha a Copa da UEFA, seu primeiro título internacional

1989

1990

É vice-campeão do Mundial na Itália

É penalizado por 15 meses por dar positivo para cocaína em um teste antidoping. Em abril, é detido na Argentina por porte de drogas.

É obrigado a se submeter a um tratamento de reabilitação

1991

1992

Entra para o Sevilla por 4,5 milhões de euros

1993

1994

Durante sua suspensão, estreia como treinador no argentino Mandiyú e depois comanda o Racing de Avellaneda

Depois do segundo jogo na Copa dos EUA é pego por doping. Fica suspenso por 15 meses. É sua última partida com a Argentina

1995

1996

Retorna ao Boca Juniors

1997

Dá entrada em uma clínica suíça para tratar de sua dependência de cocaína

Anuncia sua aposentadoria

1998

1999

Tratamento de reabilitação em Cuba

2000

2001

2002

Divorcia-se de Claudia Villafañe, com quem estava casado havia 13 anos

2003

É internado em Buenos Aires por una “crise hipertensiva com quadro de cardiopatia dilatada”

2004

Retorna ao Boca Juniors como diretor esportivo

É submetido a uma cirurgia de by-pass gástrico para controlar sua obesidade

2005

2006

É internado para tratar seu alcoolismo por uma “hepatite química, aguda e tóxica”

2007

Como treinador

É contratado técnico da Argentina

2008

2009

Seleção chega às quartas de final na Copa, e Maradona põe fim à sua etapa como treinador dela

2010

2011

É contratado como treinador e embaixador esportivo em clubes dos Emirados Árabes

2012

2013

É acusado de violência de gênero por sua companheira

2014

Processa sua ex-mulher por fraude e desvio de patrimônio

2015

2016

2017

Começa a treinar os Dorados de Sinaloa

2018

Contratado como treinador no Gimnasia de La Plata

2019

2020

É internado por uma “baixa anímica” e operado poucos dias depois devido a um edema cerebral. Em novembro, morre após parada cardiorrespiratória

Mais informações