Chico Buarque recita Clarice Lispector no centenário de nascimento da escritora brasileira

Iniciativa faz parte de uma biblioteca sonora sobre a autora, que nasceu em 10 de dezembro de 1920, criada pela Universidade de Princeton

Clarice Lispector, em imagem de arquivo do IMS. No vídeo, Chico Buarque recita trecho de "As águas do mar", do livro "Onde estivestes de noite” (Brasil Lab/Universidade de Princeton).

Mais informações

Clarice Lispector, uma das autoras mais originais do Brasil, faria nesta quinta-feira cem anos se o câncer não a tivesse levado em 1977. Para comemorar a data, o cantor Chico Barque gravou um vídeo em que recita um texto da autora que revolucionou o panorama literário do Brasil a partir dos anos quarenta. “Aí está ele, o mar, a mais ininteligível das existências não humanas. E aqui está a mulher, de pé na praia, o mais ininteligível dos seres vivos”, começa o artista no vídeo do Brasil Lab da Universidade de Princeton. A leitura do fragmento pode ser visualizada com legendas em espanhol e inglês.

A biblioteca sonora é intitulada Clarice 100 ears, um trocadilho entre as palavras orelha e anos em inglês. Buarque, que gravou o vídeo em sua casa no Rio de Janeiro, recita um texto em que a voz feminina narra seu caso de amor com o mar. Os promotores da iniciativa explicam que o fragmento foi escolhido por sua relação com a poesia do cantor e compositor brasileiro.

Para comemorar os 100 anos decorridos desde o nascimento de Lispector, o Instituto Moreira Salles (IMS), onde está depositada grande parte de sua biblioteca pessoal, inaugurou nesta quinta-feira um novo site (https://claricelispector.ims.com.br) sobre a escritora, contista, tradutora e jornalista. A grande exposição planejada para este aniversário pelo IMS foi adiada para julho próximo devido à pandemia.

Arquivado Em:

Mais informações

Pode te interessar

O mais visto em ...

Top 50