_
_
_
_
_

PODCAST | Três vidas em perigo

No Brasil a diferença entre a vida e a morte pode estar em uma sentença, manchete de jornal ou na luta pela terra. Escute neste podcast a história de uma juíza, um líder camponês e um jornalista que mesmo com a cabeça a prêmio, não desistem de lutar por justiça

O líder camponês Cosme Capistano da Silva. FOTO: Alexandre Noronha
O líder camponês Cosme Capistano da Silva. FOTO: Alexandre Noronha

O líder camponês Cosme Capistano da Silva, a juíza Joana Sarmento de Matos e o jornalista Vinicius Rosa Lourenço têm algo em comum. Os três foram jurados de morte por latifundiários, facções criminosas e políticos de interesses escusos. Em um país onde a vida vale pouco, eles lutam por justiça e para evitar fazer parte da triste estatística de homicídios do país: apenas em 2019, últimos dados disponíveis, foram registrados 45.503 homicídios, de acordo com o Atlas da Violência 2021.

Apesar da situação adversa, que impõe mudanças radicais de rotina, como dormir uma noite em cada local, ou andar com seguranças armados, eles não pensam em desistir de sua luta. “Desistir também é morrer um pouco”, resume Cosme.

Apoie nosso jornalismo. Assine o EL PAÍS clicando aqui

Inscreva-se aqui para receber a newsletter diária do EL PAÍS Brasil: reportagens, análises, entrevistas exclusivas e as principais informações do dia no seu e-mail, de segunda a sexta. Inscreva-se também para receber nossa newsletter semanal aos sábados, com os destaques da cobertura na semana.

Mais informações

Arquivado Em

_
_