Seleccione Edição
Login

O ano de 2019 em imagens

30 fotos

Do primeiro buraco negro ao choro de uma primeira-ministra. Os protestos no Chile, Bolívia, Hong Kong e França. De Greta Thunberg aos incêndios na Amazônia e às inundações em Veneza. Uma volta ao mundo pelos momentos de maior impacto do ano

  • Primeira imagem de um buraco negro, captada pelo Telescópio Horizonte de Eventos, publicada em 10 de abril de 2019. O corpo em questão está no centro da galáxia Messier 87 (M87), a uma distância de 55 milhões de anos-luz. Até agora, a existência destes objetos extremamente densos era conhecida apenas por métodos indiretos, mas nunca havia sido observado um buraco negro.
    1Primeira imagem de um buraco negro, captada pelo Telescópio Horizonte de Eventos, publicada em 10 de abril de 2019. O corpo em questão está no centro da galáxia Messier 87 (M87), a uma distância de 55 milhões de anos-luz. Até agora, a existência destes objetos extremamente densos era conhecida apenas por métodos indiretos, mas nunca havia sido observado um buraco negro.
  • Greta Thunberg, a ativista ambiental sueca de 16 anos que promoveu o movimento Sextas-feiras pelo Futuro, discursa na cúpula da ONU sobre mudança climática, em Nova York. A ativista foi escolhida a personalidade do ano pela revista ‘Time’.
    2Greta Thunberg, a ativista ambiental sueca de 16 anos que promoveu o movimento Sextas-feiras pelo Futuro, discursa na cúpula da ONU sobre mudança climática, em Nova York. A ativista foi escolhida a personalidade do ano pela revista ‘Time’. AFP Ir para a notícia
  • “O Brasil começa a se libertar do socialismo, e do politicamente correto”, disse Jair Bolsonaro em seu discurso de posse no dia primeiro de janeiro. Bolsonaro foi o primeiro presidente de extrema direita a assumir o comando do Brasil desde a ditadura.
    3“O Brasil começa a se libertar do socialismo, e do politicamente correto”, disse Jair Bolsonaro em seu discurso de posse no dia primeiro de janeiro. Bolsonaro foi o primeiro presidente de extrema direita a assumir o comando do Brasil desde a ditadura. Reuters
  • Manifestantes protestam contra a reforma da previdência em Lyon (França), em 17 de dezembro.
    4Manifestantes protestam contra a reforma da previdência em Lyon (França), em 17 de dezembro. AFP
  • Manifestantes argelinos ocupam uma rua de Argel contra um quinto mandato de seu presidente, em 8 de março. O objetivo das marchas era conseguir a saída do presidente Abdelaziz Buteflika, de 82 anos, que estava hospitalizado em Genebra (Suíça). Finalmente, em 2 de abril, Buteflika renunciou, pedindo perdão ao povo argelino.
    5Manifestantes argelinos ocupam uma rua de Argel contra um quinto mandato de seu presidente, em 8 de março. O objetivo das marchas era conseguir a saída do presidente Abdelaziz Buteflika, de 82 anos, que estava hospitalizado em Genebra (Suíça). Finalmente, em 2 de abril, Buteflika renunciou, pedindo perdão ao povo argelino. AFP
  • Manifestantes pró-democracia usam guarda-chuvas contra jatos d’água lançados pelas forças de segurança de Hong Kong em 15 de setembro.
    6Manifestantes pró-democracia usam guarda-chuvas contra jatos d’água lançados pelas forças de segurança de Hong Kong em 15 de setembro. AFP
  • Vista aérea de um protesto massivo em Hong Kong, em 8 de dezembro.
    7Vista aérea de um protesto massivo em Hong Kong, em 8 de dezembro. Reuters
  • O presidente dos EUA, Donald Trump, cruzamento a fronteira da Coreia do Norte ao lado do líder Kim Jong-un, em 30 de junho. Trump se tornou o primeiro presidente americano a pisar em solo norte-coreano.
    8O presidente dos EUA, Donald Trump, cruzamento a fronteira da Coreia do Norte ao lado do líder Kim Jong-un, em 30 de junho. Trump se tornou o primeiro presidente americano a pisar em solo norte-coreano. AFP
  • Incapaz de levar adiante seu plano para um Brexit pactuado com a União Europeia, Theresa May anuncia sua renúncia em Downing Street, em 7 de junho.
    9Incapaz de levar adiante seu plano para um Brexit pactuado com a União Europeia, Theresa May anuncia sua renúncia em Downing Street, em 7 de junho. AFP
  • Boris Johnson é empossado pela rainha Elizabeth II como chefe de Governo depois da renúncia de Theresa May e de ganhar as eleições internas do Partido Conservador. A breve audiência ocorreu no palácio de Buckingham em 24 de julho.
    10Boris Johnson é empossado pela rainha Elizabeth II como chefe de Governo depois da renúncia de Theresa May e de ganhar as eleições internas do Partido Conservador. A breve audiência ocorreu no palácio de Buckingham em 24 de julho. REUTERS
  • Juan Guaidó chega a Porlamar, na ilha Margarita (Venezuela), em 18 de julho, depois de manter conversações em Barbados com representantes do Governo venezuelano para analisar a possibilidade de abrir uma via de diálogo que permita a realização de eleições com garantias.
    11Juan Guaidó chega a Porlamar, na ilha Margarita (Venezuela), em 18 de julho, depois de manter conversações em Barbados com representantes do Governo venezuelano para analisar a possibilidade de abrir uma via de diálogo que permita a realização de eleições com garantias.
  • Um grupo de migrantes resgatados chega ao porto de Málaga, Espanha, em 29 de agosto.
    12Um grupo de migrantes resgatados chega ao porto de Málaga, Espanha, em 29 de agosto. AFP
  • Helicóptero militar com os restos mortais de Franco sai do Vale dos Caídos em 24 de outubro, 44 anos depois de seu enterro no local. Os restos do ditador espanhol foram retirados da basílica e levados para o cemitério de Mingorrubio, em Madri.
    13Helicóptero militar com os restos mortais de Franco sai do Vale dos Caídos em 24 de outubro, 44 anos depois de seu enterro no local. Os restos do ditador espanhol foram retirados da basílica e levados para o cemitério de Mingorrubio, em Madri. EFE
  • Bombeiros fazem busca entre os escombros deixados pela lama em Brumadinho.No dia 25 de janeiro, a barragem de rejeitos da Vale, no Córrego do Feijão, se rompeu na cidade de Brumadinho, próxima a Belo Horizonte. A tragédia destruiu casas e propriedades rurais, e resultou na morte de mais de 250 pessoas.
    14Bombeiros fazem busca entre os escombros deixados pela lama em Brumadinho.No dia 25 de janeiro, a barragem de rejeitos da Vale, no Córrego do Feijão, se rompeu na cidade de Brumadinho, próxima a Belo Horizonte. A tragédia destruiu casas e propriedades rurais, e resultou na morte de mais de 250 pessoas. EFE
  • O presidente Jair Bolsonaro se reuniu com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump no dia 19 de março, na Casa Branca, em Washington.
    15O presidente Jair Bolsonaro se reuniu com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump no dia 19 de março, na Casa Branca, em Washington.
  • O presidente do Governo (primeiro-ministro) da Espanha em exercício, o socialista Pedro Sánchez, e o líder da coligação Unidas Podemos, Pablo Iglesias, abraçam-se em 12 de novembro no Congresso dos Deputados, onde assinaram um acordo para a formação de um Executivo depois das eleições de 10 de novembro.
    16O presidente do Governo (primeiro-ministro) da Espanha em exercício, o socialista Pedro Sánchez, e o líder da coligação Unidas Podemos, Pablo Iglesias, abraçam-se em 12 de novembro no Congresso dos Deputados, onde assinaram um acordo para a formação de um Executivo depois das eleições de 10 de novembro.
  • O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi solto em novembro após 580 dias na carceragem da Polícia Federal em Curitiba, como consequência da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de mudar a interpretação sobre o cumprimento de pena após condenação em segunda instância.
    17O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva foi solto em novembro após 580 dias na carceragem da Polícia Federal em Curitiba, como consequência da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) de mudar a interpretação sobre o cumprimento de pena após condenação em segunda instância. EFE
  • Polícia avança sobre barricadas montadas por manifestantes em Barcelona em 15 de outubro, depois do anúncio da sentença sobre o processo independentista da Catalunha. O Tribunal Supremo impôs penas entre 9 e 13 anos de prisão para os nove líderes independentistas catalães condenados por sedição. O ex-vice-presidente do Governo da Catalunha Oriol Junqueras foi condenado à pena mais alta, 13 anos, por sedição e malversação como crime acessório (quando um delito é um meio necessário para que outro seja cometido).
    18Polícia avança sobre barricadas montadas por manifestantes em Barcelona em 15 de outubro, depois do anúncio da sentença sobre o processo independentista da Catalunha. O Tribunal Supremo impôs penas entre 9 e 13 anos de prisão para os nove líderes independentistas catalães condenados por sedição. O ex-vice-presidente do Governo da Catalunha Oriol Junqueras foi condenado à pena mais alta, 13 anos, por sedição e malversação como crime acessório (quando um delito é um meio necessário para que outro seja cometido). REUTERS
  • A decisão de convocar novas eleições e a posterior renúncia do então presidente, Evo Morales, no início de novembro, provocaram diversas manifestações na Bolívia, contra e a favor do antigo governo.
    19A decisão de convocar novas eleições e a posterior renúncia do então presidente, Evo Morales, no início de novembro, provocaram diversas manifestações na Bolívia, contra e a favor do antigo governo. AP
  • Manifestação feminista em 8 de março, Dia Internacional da Mulher, em Barcelona.
    20Manifestação feminista em 8 de março, Dia Internacional da Mulher, em Barcelona.
  • Um homem ferido é detido pelas forças de segurança durante um protesto contra o Governo em Santiago do Chile, em 14 de novembro. A crise política e social no Chile começou com o aumento da tarifa do metrô e se transformou em uma explosão contra as desigualdades sociais.
    21Um homem ferido é detido pelas forças de segurança durante um protesto contra o Governo em Santiago do Chile, em 14 de novembro. A crise política e social no Chile começou com o aumento da tarifa do metrô e se transformou em uma explosão contra as desigualdades sociais. REUTERS
  • A superlotação define a situação em que estão os prisioneiros, supostos integrantes do grupo terrorista Estado Islâmico, de um centro de detenção em uma localidade sob controle das tropas curdo-sírias no nordeste da Síria. Fontes curdas afirmam que cerca de 12.000 combatentes estão detidos em prisões controladas por curdos no norte da Síria. Na imagem, um grupo de prisioneiros em uma cela da prisão de Hasakeh em 26 de outubro.
    22A superlotação define a situação em que estão os prisioneiros, supostos integrantes do grupo terrorista Estado Islâmico, de um centro de detenção em uma localidade sob controle das tropas curdo-sírias no nordeste da Síria. Fontes curdas afirmam que cerca de 12.000 combatentes estão detidos em prisões controladas por curdos no norte da Síria. Na imagem, um grupo de prisioneiros em uma cela da prisão de Hasakeh em 26 de outubro. AFP
  • Queda da torre central da Catedral de Notre-Dame em Paris, França, em 15 de abril. Um incêndio devastador devorou grande parte da catedral, símbolo da capital francesa, Patrimônio Mundial da Unesco, um dos monumentos mais visitados do mundo e emblema centenário da cultura europeia.
    23Queda da torre central da Catedral de Notre-Dame em Paris, França, em 15 de abril. Um incêndio devastador devorou grande parte da catedral, símbolo da capital francesa, Patrimônio Mundial da Unesco, um dos monumentos mais visitados do mundo e emblema centenário da cultura europeia. AFP
  • Engarrafamento. Mais de 200 alpinistas fazem fila para chegar ao topo do Everest, em 22 de maio. A foto foi tirada pelo montanhista nepalês Nirmal Purja.
    24Engarrafamento. Mais de 200 alpinistas fazem fila para chegar ao topo do Everest, em 22 de maio. A foto foi tirada pelo montanhista nepalês Nirmal Purja. AP
  • Fotografia dos corpos sem vida de Óscar Martínez e de sua filha, Valeria Martínez, em uma margem do Rio Bravo em Matamoros, no Estado mexicano de Tamaulipas, na fronteira com os EUA. Membros da Defesa Civil e da Polícia do México encontraram em 25 de junho os corpos de um homem de 25 anos, de nacionalidade salvadorenha, segundo as autoridades, e sua filha de um ano e 11 meses, que, presume-se, morreram afogados quando tentavam atravessar o rio fronteiriço para chegar aos EUA.
    25Fotografia dos corpos sem vida de Óscar Martínez e de sua filha, Valeria Martínez, em uma margem do Rio Bravo em Matamoros, no Estado mexicano de Tamaulipas, na fronteira com os EUA. Membros da Defesa Civil e da Polícia do México encontraram em 25 de junho os corpos de um homem de 25 anos, de nacionalidade salvadorenha, segundo as autoridades, e sua filha de um ano e 11 meses, que, presume-se, morreram afogados quando tentavam atravessar o rio fronteiriço para chegar aos EUA. REUTERS
  • Uma mulher atravessa a Praça de São Marcos em Veneza. A cidade italiana foi inundada por uma excepcional ‘acqua alta’, um aumento incomum dos níveis da maré, em 13 de novembro.
    26Uma mulher atravessa a Praça de São Marcos em Veneza. A cidade italiana foi inundada por uma excepcional ‘acqua alta’, um aumento incomum dos níveis da maré, em 13 de novembro. AFP
  • Una mulher espera em uma estrada da cidade de Tal Tamr, Turquia, em 16 de outubro. Segundo um comunicado do presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, “as Forças Armadas turcas, juntamente com o Exército Nacional Sírio [rebeldes anteriormente vinculados ao Exército Livre Sírio], lançaram a Operação Manancial de Paz contra os terroristas do PKK-YPG e o Daesh [Estado Islâmico] no norte de Síria”.
    27Una mulher espera em uma estrada da cidade de Tal Tamr, Turquia, em 16 de outubro. Segundo um comunicado do presidente turco, Recep Tayyip Erdogan, “as Forças Armadas turcas, juntamente com o Exército Nacional Sírio [rebeldes anteriormente vinculados ao Exército Livre Sírio], lançaram a Operação Manancial de Paz contra os terroristas do PKK-YPG e o Daesh [Estado Islâmico] no norte de Síria”. AFP
  • Famílias americanas e mexicanas brincam em um balanço instalado no muro entre o México e Estados Unidos, em Ciudad Juárez, em 28 de julho de 2019. Nos EUA de Donald Trump, a imigração é uma ameaça à segurança nacional. O republicano, que lançou em 2015 sua candidatura à Casa Branca culpando o México pela “entrada de drogas, criminosos e estupradores”, definiu o muro fronteiriço como um dos pilares centrais de seu plano de segurança.
    28Famílias americanas e mexicanas brincam em um balanço instalado no muro entre o México e Estados Unidos, em Ciudad Juárez, em 28 de julho de 2019. Nos EUA de Donald Trump, a imigração é uma ameaça à segurança nacional. O republicano, que lançou em 2015 sua candidatura à Casa Branca culpando o México pela “entrada de drogas, criminosos e estupradores”, definiu o muro fronteiriço como um dos pilares centrais de seu plano de segurança. AFP
  • Incêndio florestal em Altamira, Pará, em 27 de agosto.
    29Incêndio florestal em Altamira, Pará, em 27 de agosto. AFP
  • Famílias palestinas se juntam depois de pôr-do-sol para um jantar abundante e rico em nutrientes, necessário para levar adiante, no dia seguinte, o jejum do Ramadã, na Faixa de Gaza, em 18 de maio.
    30Famílias palestinas se juntam depois de pôr-do-sol para um jantar abundante e rico em nutrientes, necessário para levar adiante, no dia seguinte, o jejum do Ramadã, na Faixa de Gaza, em 18 de maio. AFP