Seleccione Edição
Login
protestos contra incêndios na Amazônia
Manifestantes protestam em frente ao consulado brasileiro em Barcelona, na Espanha, nesta sexta-feira contra incêndios florestais no Brasil. EFE

Incêndios nas florestas do Brasil geram onda de protesto pelo mundo

7 fotos

Atos contra política ambiental do presidente Bolsonaro pedem a proteção das florestas brasileiras acontecem nesta sexta em diversos países

  • Protesto Amazônia
    1Protesto em Valência defende a sobrevivência da Amazônia. Nas faixas lê-se: "Não podemos respirar sem os pulmões da Terra" EUROPA PRESS
  • Protesto Venezuela
    2Grupo participa de manifestação em frente a embaixada brasileira em Caracas (Venezuela), nesta terça-feira (23), contra o discurso antiambientalista de Jair Bolsonaro EFE
  • "Nossos pulmões estão queimando", afirma faixa de grupo de manifestantes em frente a embaixada do Brasil em Nicósia, Chipre.
    3"Nossos pulmões estão queimando", afirma faixa de grupo de manifestantes em frente a embaixada do Brasil em Nicósia, Chipre. AP
  • Na França, manifestações que precedem o encontro do G7 abordaram as queimadas da Amazônia. O presidente francês Emmanuel Macron pediu para incluir a questão nos debates da cúpula
    4Na França, manifestações que precedem o encontro do G7 abordaram as queimadas da Amazônia. O presidente francês Emmanuel Macron pediu para incluir a questão nos debates da cúpula AP
  • Madri
    5Centenas de jovens protestaram em frente ao consulado brasileiro em Madri EFE
  • Manifestantes protestam em frente à embaixada brasileira em Madri, na Espanha, contra política ambiental de Jair Bolsonaro. Protesto em defesa da Amazônia ocorreu em várias cidades da Espanha nesta sexta.
    6Manifestantes protestam em frente à embaixada brasileira em Madri, na Espanha, contra política ambiental de Jair Bolsonaro. Protesto em defesa da Amazônia ocorreu em várias cidades da Espanha nesta sexta. Europa Press
  • Protesto contra queimadas na Amazônia reuniu cerca de 200 pessoas em Barcelona.
    7Protesto contra queimadas na Amazônia reuniu cerca de 200 pessoas em Barcelona. EUROPA PRESS