Morre Rutger Hauer, o célebre vilão de ‘Blade Runner’

O ator, que fez um dos monólogos mais famosos da história do cinema, morreu aos 75 anos

O ator Rutger Hauer, em 1996 durante o Festival Internacional de Cinema Fantástico de Gerardmer (França).
O ator Rutger Hauer, em 1996 durante o Festival Internacional de Cinema Fantástico de Gerardmer (França).Francis Demange (GETTY)

O ator holandês Rutger Hauer, célebre por seu papel como o replicante Roy Batty de Blade Runner (1982), morreu aos 75 anos, em sua casa nos Países Baixos, no último dia 19 de julho. A informação foi confirmada nesta quarta-feira, mesmo dia em que ocorreu o funeral do intérprete, pelo seu agente, Steve Kenis, à revista Variety. No filme de Ridley Scott, Hauer interpretava um dos monólogos mais famosos da história do cinema, conhecido como Lágrimas na Chuva.

Rutger Hauer construiu uma carreira com dezenas de filmes, nos quais interpretou de galãs a heróis, mas foram os vilões que o deram projeção mundial. Entre os longas pelos quais ele será lembrado estão O Feitiço do Áquila (Ladyhawke, no título original em inglês), de 1985, no qual interpretou o capitão Etienne Navarre; Fuga de Sobibor (1987), pelo qual ganhou um Globo de Ouro de melhor ator coadjuvante; Sin City (2005), em que ele deu vida ao Cardeal Roark, entre outros.

Filho dos atores Teunke e Arend Hauer, que trabalhavam em uma escola de dramaturgia em Amsterdã, Hauer nasceu em Breukelen, na província de Utrecht. Inquieto e rebelde desde jovem, aos 15 anos fugiu de casa para trabalhar em um barco cargueiro e, quando voltou anos mais tarde, trabalhou com construção até começar a estudar interpretação.