EUA oferecem um milhão de dólares de recompensa pelo filho de Bin Laden

Hamza bin Laden é considerado “líder emergente” da Al Qaeda pelo Departamento de Estado norte-americano

Hamza bin Laden, à direita, com seu pai, em 2001.
Hamza bin Laden, à direita, com seu pai, em 2001.Getty
Mais informações

Os Estados Unidos oferecem até um milhão de dólares (3,75 milhões de reais) como recompensa por informações que levem à captura de Hamza bin Laden, um dos filhos de Osama bin Laden, considerado um “líder emergente” da Al Qaeda disposto a vingar a morte de seu pai.

Hamza é o filho de uma das três esposas sobreviventes de Osama bin Laden, Khairiah Sabar, que vivia com seu marido no imóvel de Abbottabad, perto de uma grande base militar paquistanesa, onde o militante saudita foi assassinado por forças especiais dos EUA, em 2 de maio de 2011.

Desde então, Hamza fez declarações públicas para conclamar seus seguidores a travarem uma guerra em Washington, Londres, Paris e Tel Aviv. Ele é considerado o braço direito do atual líder da Al Qaeda, Ayman al Zawahiri, o sucessor de Bin Laden à frente da organização terrorista.

Hamza bin Laden casou-se em meados do ano passado com a filha de Mohamed Atta, principal perpetrador dos atentados terroristas de 11 de setembro de 2001 nos Estados Unidos. A união foi confirmada por dois meios-irmãos do falecido militante suicida, Ahmad e Hassan al Attas. A família relatou então que Hamza ocupava uma posição graduada dentro da Al Qaeda e poderia estar no Afeganistão.

Regras

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS
Logo elpais

Você não pode ler mais textos gratuitos este mês.

Assine para continuar lendo

Aproveite o acesso ilimitado com a sua assinatura

ASSINAR

Já sou assinante

Se quiser acompanhar todas as notícias sem limite, assine o EL PAÍS por 30 dias por 1 US$
Assine agora
Siga-nos em: