Veja como foi o dia de depoimento de Lula em Curitiba

Enquanto isso, Bolsonaro segue com a montagem do Governo. Ele anunciou o Ernesto Araújo como futuro chanceler

Apoiadores do ex-presidente Lula em Curitiba.
Apoiadores do ex-presidente Lula em Curitiba.HEULER ANDREY (AFP)
Mais informações
Cuba decide sair do Mais Médicos após condições anunciadas por Bolsonaro
A denúncia contra Lula por obras no sítio de Atibaia

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva depõe nesta quarta-feira (14) à Justiça Federal em Curitiba. É a primeira vez que Lula deixa a carceragem da Polícia Federal (PF), no bairro Santa Cândida, desde que foi preso em abril, após ser condenado em segunda instância no processo envolvendo um triplex no Guarujá.

Lula saiu da Superintendência da PF de caro por volta das 13h30 e foi levado para sede da Justiça Federal onde vai depor para a juíza Gabriela Hardt, que substituiu Sergio Moro na Operação Lava Jato, sobre o caso do sítio de Atibaia (SP). Vários manifestantes se reuniram em Curitiba para apoiar o ex-presidente. A hashtag #CadêAProvaContraLula subiu nos assuntos do momento do Twitter.

Paralelamente, o presidente eleito Jair Bolsonaro anuncia o embaixador Ernesto Araújo, diplomata há 29 anos, ao cargo de Ministro das Relações Exteriores.

Acompanhe a cobertura

Rodolfo Borges

Lula sobre o sítio de Atibaia: “Os processos contra mim são farsas” http://cort.as/-C62l

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

O nome da juíza Gabriela Hardt entrou na lista dos assuntos mais comentados no Twitter após a divulgação do depoimento do ex-presidente Lula. Os momentos de tensão entre os dois são os maiores motivos de comentário.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

O futuro chanceler Ernesto Araújo deu a sua primeira tuitada nesta quarta-feira, em perfil recém-criado.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

O perfil do PT no Twitter divulga trechos do depoimento de Lula.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

Ao falar sobre sua relação com a Petrobras durante o mandato de presidente, Lula fez menção à montagem do futuro Governo de Jair Bolsonaro: “Eu não eu se as pessoas estão acompanhando a montagem do governo agora. Quem está sendo colocado. Dá-se a impressão de que não tem ninguém político, mas, com raríssimas exceções, todo mundo ali é político“.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

“Eu gostaria de falar o que eu já falei para o doutor Moro numa audiência. O primeiro processo de que eu fui vítima aqui é uma farsa, uma mentira do Ministério Publico com Powerpoint. A segunda é outra farsa. Eu estou pagando esse preço, vou pagar porque sou um homem que crê em Deus, creio na Justiça, e a verdade vai prevalecer”, disse Lula em seu depoimento à juíza Gabriela Hardt.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

“Tenho muita dúvida de que a [ex-primeira-dama] Dona Marisa pediu para fazer a reforma. Como ela não está aqui para se explicar, eu fico com a minha dúvida”, disse Lula à juíza Gabriela Hardt. Confrontado com os depoimentos de outros envolvidos no caso, como José Carlos Bumlai e Rogério Aurélio Pimentel, que confirmaram ter visitado o sítio com a falecida ex-primeira-dama para tratar da reforma, Lula disse que “agora ficou fácil citar o nome da dona Marisa, porque ela morreu”. Lula disse que não acredita que Marisa tivesse relação com empresas para pedir obras, até porque, segundo ele, o sítio não era dela.

“As pessoas, quando compraram o sítio, tomaram uma decisão de que o Lula não poderia saber de nada, porque o Lula era contra qualquer ideia de comprar qualquer coisa, pedindo para guardar arquivo. Eu era contra. No meu mandato presidencial eu era contra discutir instituto, discutir acervo antes que eu deixasse a presidência da República no dia 31 de dezembro de 2010. Os companheiros não tinham que me dar explicação, mas eles fizeram”, disse o ex-presidente.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

O ex-presidente diz que 15 de janeiro de 2011 foi seu primeiro dia de contato com o sítio de Atibaia. “Eu tinha deixado a presidência da República, estava de férias. No dia 12 de janeiro, me falaram que o Jacob Bittar tinha comprado um sítio, [perguntaram] se eu queria passar um fim de semana lá. Eu subi no dia 15 e fui ao sítio do Jacob Bittar, que na verdade era do filho do Jacob Bittar”. Ele esclarece depois que Bittar doou o dinheiro para que o filho pudesse comprar o sítio. Questionado pela juíza, Lula diz que frequentava o sítio apenas aos finais de semana. Admite que ficava no quarto principal, uma "deferência que eu recebia tanto lá na chácara quanto no palácio da rainha da inglaterra, no palácio da rainha da Suécia, em vários lugares que eu frequentei, inclusive no Kremlin". "Eu não sei o que o Ministério Público viu de absurdo nisso", completa Lula.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

Lula demonstra contrariedade ao saber que só poderá falar quando questionado. Ele imaginava que teria tempo para fazer uma exposição sobre seu caso. “Eu não imaginei que fosse assim, doutora. Como eu sou vítima de uma mentira, eu imaginei que agora...”, diz o ex-presidente, que é interrompido pelo anúncio da juíza de que as perguntas vão começar.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

O interrogatório começa com Lula questionando qual é a acusação contra ele. A juíza Gabriela Hardt, que substitui Sérgio Moro no caso, diz que a primeira parte da acusação diz respeito a corrupção, por recebimento de vantagens indevidas da Odebrecht e da OAS relacionados a contratos da Petrobras, além de lavagem de dinheiro por meio de obras do sítio de Atibaia. Lula diz que imaginava que a acusação que pesava sobre ele é de que ele era "dono de um sítio em Atibaia".

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

O portal Uol publicou os primeiros vídeos do depoimento prestado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva nesta quarta-feira.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

Em Curitiba, segue a mobilização em favor do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Rodolfo Borges
Flávia Marreiro

Ernesto Araújo, um diplomata pró-Trump e contra o "marxismo cultural"

Anunciado como futuro chanceler, Ernesto Araújo é hoje diretor do Departamento de EUA, Canadá e Assuntos Interamericanos. Recentemente, escreveu um artigo acadêmico a respeito de Trump: "O presidente Donald Trump propõe uma visão do Ocidente não baseada no capitalismo e na democracia liberal, mas na recuperação do passado simbólico, da história e da cultura das nações ocidentais. A visão de Trump tem lastro em uma longa tradição intelectual e sentimental,que vai de Ésquilo a Oswald Spengler, e mostra o nacionalismo como indissociável da essência do Ocidente", escreveu aqui.

Ocupava um escalão intermediário em Brasília, nunca tendo chefiado um posto no exterior, o que torna a nomeação inusual numa carreira fortemente hierárquica como o Itamaraty.

 

Flávia Marreiro
Rodolfo Borges

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

Em entrevista coletiva concedida agora, Bolsonaro diz que concederá asilo aos cubanos que solicitarem.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

Bolsonaro também comentou a decisão do governo cubano de deixar o programa Mais Médicos. "Se fizerem o Revalida, trouxerem a família e receberem o salário integral, eu topo continuar com o programa", disse o presidente eleito. Ele disse que ainda precisa se informar sobre as possíveis implicações da decisão cubana (e se ela implica em contrapartidas). Segundo ele, até janeiro de 2019, cabe ao Governo Michel Temer lidar com a questão.

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

Ao falar sobre sua indicação para o Ministério das Relações Exteriores, Bolsonaro destacou o "perfil, propostas e vida pregressa" de Ernesto Araújo. Ele disse que espera um incremento na "questão de negócios no mundo todo". Ao falar brevemente, ao lado do presidente eleito, Araújo destacou o "momento extraordinário que o Brasil está vivendo".

Rodolfo Borges
Rodolfo Borges

O presidente eleito Jair Bolsonaro anunciou há pouco, por meio de seu perfil no Twitter, sua indicação para o comando do Itamaraty: o embaixador Ernesto Araújo.

Rodolfo Borges
Afonso Benites

Os nove governadores da região Nordeste deverão se reunir com o presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), no próximo dia 21. O objetivo é levar a demandas regionais ao futuro mandatário. Mesmo tendo perdido a votação nessa área do país para Fernando Haddad (PT), Bolsonaro disse que não fará distinção de partidos na hora de governar. Quase todos Estados nordestinos tiveram vitória ou do PT ou de aliados dos petistas. 

Afonso Benites

Mais informações

Arquivado Em

Recomendaciones EL PAÍS
Recomendaciones EL PAÍS