Publicidade

De anúncio de creme a McDonald’s: sua foto pode viajar o mundo sem você saber

A jovem sul-africana Shubnum Khan viu como seu rosto protagonizou vários anúncios em todo o mundo. E sem sua permissão (ou é o que pensava)

Tudo começou em seus tempos de estudante na Universidade de Durban, quando um fotógrafo profissional ofereceu a Shubnum Khan e a seus amigos uma sessão de fotos gratuita para um projeto chamado “100 Faces Shoot” (100 fotos de rostos), para o qual precisava de 100 rostos diferentes de todas as idades e raças. Aceitou sem duvidar de nada nem por um segundo e assinou tudo o que foi colocado diante dela, sem ler as letras miúdas. Foi aí quando cometeu o grande erro que faria seu rosto percorrer meio mundo.

Anos depois, um amigo seu do Canadá lhe avisou que tinha visto seu rosto anunciando uma campanha de imigração num jornal local. Foi então que soou o alerta e ela começou a investigar. Descobriu que seu rosto estava sendo usado para anunciar todos os tipos de coisas em diferentes partes do mundo: hambúrgueres do McDonald's na China, tapetes em uma loja em Nova York ou uma agência de caminhadas no Camboja.

Khan também protagonizou anúncios sobre sedação dental nos Estados Unidos, produtos antiolheiras e até mesmo cursos universitários na Austrália. Até mudaram sua etnia e nome para se adequar ao público em cada caso.

A jovem sul-africana contatou o fotógrafo que tirou as fotos. Sua resposta foi clara: tudo foi autorizado, sua assinatura dava a permissão necessária para usar as imagens e até mesmo mudar sua identidade. Estava tudo nas letras miúdas. Agora Khan publica seu caso no Twitter para que outras pessoas não comentem o mesmo erro. Muitos de seus seguidores respondem com novos anúncios onde viram seu rosto.

"Espero que minha história sirva de alerta para que outras pessoas tenham cuidado com o que assinam. É muito revelador como é fácil ser explorado e como tudo é enganoso. Os anúncios e depoimentos são falsos, com rostos de pessoas escolhidas aleatoriamente e que podem estar vivendo tranquilamente sem saber como estão usando sua imagem em benefício de outros."

Arquivado Em: