Tecnologia

Um táxi que voa a 400 quilômetros por hora

Rolls-Royce entra na corrida do ‘carro voador’ com um híbrido de cinco assentos e lançamento previsto para 2020

O híbrido da Rolls-Royce pretende alcançar os 400 quilômetros por hora com autonomia de 800 quilômetros.
O híbrido da Rolls-Royce pretende alcançar os 400 quilômetros por hora com autonomia de 800 quilômetros.Reuters

A fabricante de automóveis britânica Rolls-Royce projetou um táxi voador com capacidade para transportar de quatro a cinco pessoas a uma velocidade de 400 quilômetros por hora. O modelo foi apresentado na feira de aviação Farnborough International Airshow 2018, realizada em Londres. Embora no momento seja um protótipo conceitual, a fabricante revelou estar à procura de parceiros que possam fornecer a fuselagem e outros elementos elétricos para desenvolver seu projeto e lançá-lo no mercado em meados de 2020. O modelo poderia estar disponível no início ou meados de 2020, "desde que seja possível criar um modelo de negócios viável para sua introdução", segundo informou a empresa à BBC.

Mais informações

O veículo utiliza uma turbina de combustível que serve como fonte de alimentação para seus seis motores de elevação elétrica, por isso não é necessário recarregá-los. Este sistema de propulsão proporciona ao veículo híbrido uma autonomia de cerca de 800 quilômetros e, segundo a empresa, pode ajudar a controlar o problema das emissões de gases de efeito estufa e congestionamento do tráfego. Além disso, destaca que não exigirá novas infraestruturas, uma vez que suas características permitem a utilização de aeroportos e heliportos existentes.

A empresa informou que o design e as características do táxi podem ser adaptados para transportar mercadorias e pessoas, bem como executar serviços militares. Com essa perspectiva, a Rolls-Royce entra na corrida do carro voador da qual já participam empresas como Uber, Kitty Hawk ou Airbus e Audi, que desenvolvem em conjunto um veículo voador.