Os 15 melhores filmes da história, segundo os usuários do FilmAffinity e IMDb

Esse é ranking de filmes elaborado a partir das avaliações dos internautas nos dois portais

Cidade de Deus é o representante brasileiro na lista.
Cidade de Deus é o representante brasileiro na lista.Divulgação

O Poderoso Chefão e O Poderoso Chefão II dominam a lista dos melhores filmes de todos os tempos, elaborada pelo EL PAÍS a partir do cruzamento dos 50 filmes mais votados pelos usuários das plataformas de críticas e recomendação de filmes e séries FilmAffinity e IMDb. Na classificação, composta por 15 obras que estão nos dois sites, a preponderância de gângsteres e mafiosos se completa com Os Bons Companheiros e Cidade de Deus. “O ser humano é fascinado com o mal e nos filmes sobre a Máfia pode-se falar com uma unidade dramática excepcional de muitas coisas: a lealdade, a violência e a família”, diz o jornalista do EL PAÍS Gregorio Belinchón sobre o assunto.

Dos 15 filmes mais apreciados pelo público, Belinchón só colocaria entre seus favoritos da história da sétima arte as duas primeiras partes da famosa trilogia dirigida por Francis Ford Coppola e Os Sete Samurais. Na lista – que pode ser consultada mais abaixo – chama a atenção a ausência de grandes comédias. “Existe um automatismo no espectador que o faz desvalorizar esse gênero e não apreciar o imenso talento de diretores como Ernst Lubitsch e Billy Wilder”, explica Belinchón, que comemora a presença de um dos grandes da comédia como Charles Chaplin.

Com Tempos Modernos e Luzes da Cidade, Chaplin é o único diretor com dois títulos em uma classificação em que existem somente cinco filmes dos anos sessenta ou anteriores. “Infelizmente, hoje em dia os clássicos já não são tão apreciados”, comenta o especialista do EL PAÍS, que sente falta de alguns títulos decisivos da história da grande tela como Os Incompreendidos e Ladrões de Bicicleta.

A Vida é Bela é o único longa-metragem europeu em uma lista dominada pelas produções de Hollywood. Para analisar essa particularidade não basta levar em consideração a preponderância da indústria norte-americana, mas também o perfil dos usuários que votam na Internet. “Muitos dos filmes que aparecem na lista estão lá pois agora são populares nos Estados Unidos”, explica Belinchón.

Na opinião do jornalista, portais da Internet como o IMDb e o FilmAffinity podem ser bons indicadores de recomendação, mas nunca uma referência no momento de se encontrar avaliações de qualidade sobre os títulos que interessam aos cinéfilos.

Arquivado Em: