Seleccione Edição
Login

Samsung Galaxy 8 busca “perdão” depois de fiasco das baterias explosivas

Marca apresenta ‘phablet’ com caneta especial um ano depois do fiasco das baterias explosivas do Note 7

Samsung Galaxy 8.0
Samsung Galaxy Note 8

A Samsung quer deixar para trás seu pior pesadelo, o Galaxy Note 7. Projetado para conquistar os usuários mais exigentes, o phablet parou de ser fabricado e foi retirado do mercado quando se constatou que algumas baterias queimavam de forma espontânea. Um ano depois do fiasco, a marca sul-coreana lança o Galaxy Note 8, um modelo que oferece serviços muito similares aos do frustrado antecessor, mas que o supera em termos de design, amplitude da tela e, sobretudo, recursos: pela primeira vez, incorpora uma câmera dupla traseira para fazer fotos perfeitas mesmo em condições de baixa luminosidade.

Com seu ruidoso lançamento nesta quarta-feira em Nova York (após a apresentação de Londres para a imprensa especializada), a Samsung mostra que não tem medo de continuar a saga dos Note, sua linha de phablets com caneta especial que nenhum outro fabricante se atreveu a imitar, e que compartilha com os Galaxy S8 a prateleira dos aparelhos de maior valor.

“Forgive and forget” (perdoe e esqueça) foram as primeiras palavras na apresentação do phablet. DJ Koh, presidente da Samsung, começou com entusiasmo. “O Note não é só um celular, mas um motor de produtividade e criatividade. Estamos aqui para comemorar o papel de todos os que nos ajudaram. Certamente, nenhum de nós se esquecerá do que aconteceu ano passado. Mas tampouco me esquecerei como milhões de clientes fiéis se mantiveram do nosso lado. Obrigado a toda a comunidade no mundo inteiro.”

Não é preciso dizer que o Note 8 é à prova de explosões. Como em todos os novos modelos da marca desde o desastre do Note 7, as baterias de 3.300 mAh tiveram que passar pelo teste de oito pontos, formulado por técnicos da Samsung, que submete o aparelho a provas extremas de pressão e temperatura durante sua fabricação.

Por fora, o Samsung Galaxy Note 8 se aproxima mais do Galaxy S8 que do Note 7, graças à incorporação de seu conceito de “tela infinita”, com bordas curvas de uma ponta à outra, reduzindo ao mínimo o marco das partes de cima e de baixo, o que permite ampliar em 83% a superfície útil do painel da frente. A tela cresce até 6,3 polegadas, em comparação com as 5,7 do Note 7 e as 6,2 do S8+, com resolução Quad HD+ Super Amoled (1440 x 2960 pixels). Justin Denison, vice-presidente de estratégia, explicou no lançamento por que a empresa faz telas grandes: “Queremos chegar aos que criam, não só aos que consomem. Em março lançamos a tela infinita, que agora chega ao Note.”

O Note 8 permite dividir a tela em duas para utilizar os aplicativos mais habituais
O Note 8 permite dividir a tela em duas para utilizar os aplicativos mais habituais

Como no S8, o scanner de impressões digitais se desloca para a parte traseira. O aparelho também possui scanner de íris e reconhecimento facial. É resistente à poeira e pode ser submerso em até 1,5 metro de profundidade durante 30 minutos (certificado IP68).

O preço do aparelho no Brasil ainda não foi divulgado, mas chegará a quase 1.000 dólares nos EUA

Sem dúvida, a surpresa do Note 8 é sua câmera dupla traseira, um sistema introduzido por outros fabricantes, como a Huawei (P10 e Mate 9), LG (G6) e a Apple (iPhone 7 Plus), mas que a marca coreana havia se negado a colocar até agora. Trata-se de duas lentes, uma grande-angular de 12 megapixels e uma teleobjetiva também de 12, com aberturas de f/1.7 e f/2.4, respectivamente, e zoom de 3x. Ao lado da câmera dupla, o aparelho traz um sistema de estabilização óptica e foco automático por fases, permitindo fazer fotos nítidas em movimentos ou em condições de baixa luminosidade.

A lente grande-angular conta com um sensor Dual Pixel com foco automático rápido para captar imagens mais nítidas e luminosas, inclusive em ambientes de pouca luz.

A S Pen tem maior precisão e mais funções
A S Pen tem maior precisão e mais funções

A nova funcionalidade Live Focus utiliza as duas lentes para criar retratos de qualidade, permitindo deixar desfocados objetos em segundo plano uma vez realizada a foto. Também controla a profundidade de campo ao ajustar o efeito bokeh no modo preview e depois de captar a imagem.

Além disso, com o modo Dual Capture, a câmera dupla faz duas fotos de uma só vez, permitindo salvar as duas imagens: um plano fechado com a teleobjetiva e outro aberto com a grande-angular que mostra todo o fundo. Para facilitar as fotos em condições difíceis, o Note 8 vem com um menu com novos modos didáticos: o Super Night Schot para fotos noturnas; o HDR para fotos contra a luz ou primeiro plano; e o Background, capaz de dissipar o fundo facilmente.

A câmera frontal para selfies é de 8 megapixels e foco automático.

Uma US Pen com mais funções

A S Pen (caneta especial) muda pouco, mas melhora suas funções de escrita, corte de objetos e texto e tradução. Escreve mesmo com a tela apagada, empoeirada ou molhada. Pode fazer marcações sobre mapas e compartilhar de forma intuitiva os documentos que cria.

A Samsung quer deixar para trás o fiasco do Note 7 e suas baterias explosivas
A Samsung quer deixar para trás o fiasco do Note 7 e suas baterias explosivas

Uma das novas funções é a Screen off Memo, que permite fazer anotações de até 100 páginas com a tela do Note 8 apagada. Agora também é possível editar as notas uma vez criadas. A função Live Message desenha imagens, transformando-as em GIFs animados para enviá-los por mensagens.

Na interface, além de incluir o assistente de voz Bixby e o sistema de pagamento Samsung Pay, o mais inovador é um modo multifunção que permite dividir a tela em duas e associar automaticamente as duplas de aplicativos mais usados para operá-los ao mesmo tempo. Por exemplo, a pessoa pode utilizar o correio eletrônico com a navegação web ou o vídeo junto com os mapas de navegação, do jeito que quiser. O Note 8 traz como item de série o DeX, o dock estreado com o S8 que transforma o aparelho num computador ao ser conectado a um monitor, com um sistema de janelas similar ao do Windows.

Jonathan Wong é o responsável pelo Bixby, o assistente virtual da Samsung, equivalente à Siri da Apple. A empresa coreana aposta numa experiência muito mais personalizada, com ações programáveis. No lançamento desta quarta, Wong explicou que se integrará com o Spotify antes do final do ano, algo já feito pela Alexa da Amazon. Wong também afirmou que em outubro, durante sua conferência de desenvolvedores, a empresa dará mais detalhes de seu potencial.

Samsung Galaxy 8 busca “perdão” depois de fiasco das baterias explosivas

O Note 8 funciona com processador Exynos 8995 personalizado da Samsung para a Europa (e o Snapdragon 835 da Qualcomm para os EUA), com um sistema operacional Android 7.1.1, 6 giga de memória RAM e 64 giga de armazenamento interno, que podem ser ampliados com memórias externas até 256 giga. A companhia também potencializou a conjunção entre o novo celular e a DeX, sua plataforma para usá-lo como se fosse um computador. “Tem tanta potência quanto alguns PCs do mercado, e os aplicativos se adaptaram perfeitamente”, disse Denison na apresentação.

O Samsung Galaxy Note 8 não é um dispositivo revolucionário, mas vem equipado com toda a tecnologia disponível até agora para um smartphone desse preço. A marca coreana podia ter optado por enterrar essa faixa top de smartphones após o fracasso do Note 7. Quatro milhões de celulares desse modelo foram retirados do mercado, gerando perdas de 4,9 bilhões de euros (cerca de 18 bilhões de reais). Mas decidiu enfrentar a crise de imagem e de resultados com um novo Note 8, como se quisesse se redimir do pecado catastrófico de um ano atrás e se reconciliar com os consumidores.

Preço e disponibilidade

O Samsung Galaxy 8 chega em alguns mercados no dia 15 de setembro, mas ainda não há data definitiva no Brasil. O preço, que chegara a quase 1.000 dólares nos EUA, também ainda não foi divulgado por aqui.

Samsung Galaxy Note 8


  • Peso: 195 gramas.
  • Tamanho: 162,5 x 74,8 x 8,6 milímetros.
  • Tela: Quad HD + (1440 x 2960 pixels) Super AMOLED de 6,3 polegadas
  • Memória interna: 64GB
  • Memória externa: microsUSB até 256GB
  • Processador: Processador de 10 nanómetrsos Qualcomm Snapdragon 835/Exynos 8895 de oito núcleos e 64 bit (2.3 Ghz Quad + 1.7 Ghz Quad).
  • Controles biométricos: Scanner de íris, reconhecimento facial e leitor de impressões
  • Câmera principal: Câmera dual. Grande angular de 12 megapíxeles e abertura f:1,7; e teleobjetivo de 12 MP com abertura f/2.4 e zoom de 3 acréscimos.
  • Câmera delantera: 8 megapíxeles com autofocus (f:1,7)
  • Bateria: 3.300 mAh.
  • Porto: USB Tipo C
  • Auriculares: mini-jack 8 mm
  • Cores: Negro, azul e dourado.
  • RAM: 6 GB.
  • Sistema operacional: Android 7.1.1
  • Rádio FM: Não.
  • Rede: 4G LTE categoria 16
  • Conectividade: WiFi 802.11 a/b/g/n/ac MIMO (1.083 Mbps). Bluetooh v 5.0. NFC, Satélite GPS, Galileo, Glonass, BeiDou)
  • Preço: 1.010 euros na Europa, no Brasil ainda não foi divulgado

MAIS INFORMAÇÕES